Empresas de tecnologia, saúde e redes de shoppings se reuniram para criar o Movimento #2em2, maior campanha sem fins lucrativos que oferecerá testes de anticorpos à covid-19 no Brasil. A iniciativa conta a participação das empresas Vitta, Stone, Cia. da Consulta, Rappi, Loggi, Iguatemi Empresa de Shopping Centers, Mattos Filho, XP Inc., QR Consulting, ONG Renovatio, Orbitae e Sic Works, e é aconselhada por um board formado por oito médicos.

O movimento, chamado de #2em2 cria um marco de resposta estruturada da sociedade civil contra o coronavírus no Brasil. A cada teste comprado, outro será doado, de 2 em 2, a iniciativa visa testar o maior número de pessoas possíveis.

“Desde o começo da pandemia nosso grupo de sócios está empenhado em realizar ações para ajudar a população. Quando vimos o desafio da qualidade e disponibilidade de testes, entendemos a importância de criar uma iniciativa que poderia se tornar um modelo nacional, sem fins lucrativos, de resposta conjunta da sociedade civil para este problema. Juntos, vamos dar acesso para que pessoas comprem seus testes de anticorpos de covid-19, ao mesmo tempo em que ajudam outra parte da população que não têm condição de comprar”, declara Tiago Barros cofundador da Vitta.

Os testes serão vendidos pelo aplicativo Rappi, coletados pela equipe médica da Cia. da Consulta por meio de um sistema drive-thru, no shopping Iguatemi São Paulo, em dia e horário pré-agendados no próprio aplicativo.

“Com o #2em2, vamos poder atuar ativamente como parte da solução da crise de saúde que o país enfrenta, com a oferta de testagem em massa da população de forma segura, que pode ajudar as autoridades a tomarem a melhor decisão sobre alocação de recursos de saúde, e relacionadas a economia. E ainda, tem um cunho social do movimento com doação de testes para hospitais públicos e filantrópicos. Para nós, aderir ao projeto teve sinergia com a missão da Cia. da Consulta de oferecer acesso à saúde de qualidade com a nossa expertise operacional e técnica”, destaca Victor Fiss, fundador e CEO da Cia. da Consulta.

“O momento inédito que estamos vivendo nos mostra que precisamos ser mais generosos e humanos. Acredito que, se cada um fizer um pouco, conseguiremos sair mais rápidos dessa situação. E é isso o que estamos fazendo ao integrar esse movimento tão importante ao lado de outras empresas, contribuindo para o bem coletivo”, afirma Charles Krell, vice-presidente de operações da Iguatemi Empresa de Shopping Centers.

As coletas serão realizadas por profissionais de saúde contratados e treinados pela Cia. da Consulta e enviadas para processamento. Assim que realizar o exame, o paciente irá receber um e-mail com o caminho para acesso ao resultado. Neste e-mail irá conter o número do protocolo e o link da LP.

“A Rappi tem como missão ajudar a melhorar a vida de todos na América Latina. Em um momento difícil como esse, temos tomado uma série de ações visando proteger nosso ecossistema e ajudar mais ainda a sociedade. Estamos empenhados em usar nosso potencial de alcance e nossa tecnologia para ser a ferramenta de acesso da população aos testes de anticorpos. Entendemos a importância da aplicação dos testes e, por isso, criamos um botão no nosso app para que os usuários possam adquiri-los – e, por consequência, também possam doar na mesma proporção -, agendem o melhor dia e horário para execução do teste e façam o pagamento digital, via app”, informar Sérgio Saraiva, presidente da Rappi Brasil.

“O Movimento têm como pilar central o compromisso com a ciência. Criamos o board médico com o objetivo de validar os diversos testes presentes no mercado e, com o material técnico produzido através do movimento, facilitar a tomada de decisão dos órgãos responsáveis”, declara Alberto David, gestor do board médico do #2em2.

Com o intuito de testar o maior número de pessoas no Brasil, o movimento #2em2 visa impactar todas as classes sociais. Para isso a ONG Renovatio será responsável pela distribuição dos testes resultantes do match feito na hora da compra. Essa distribuição será realizada para hospitais públicos e instituições filantrópicas.

As coletas serão realizadas por profissionais de saúde contratados e treinados pela Cia da Consulta e enviadas para processamento. Entre 72h, os pacientes receberão o resultado de seus testes.

‘’Dos países com maior número de casos confirmados, o Brasil é um dos que menos realizou testes para covid-19. Mais testes significam dados mais confiáveis o que pode ampliar consideravelmente a capacidade de resposta do país, sobretudo para a população em situação de vulnerabilidade social, que em muitas perspectivas está mais exposta aos efeitos da pandemia. O Movimento 2em2 está comprometido com este desafio e para cada teste que for comprado em nosso sistema iremos fazer o “match” de doação para uma pessoa que não pode pagar. A Renovatio será a responsável por garantir a doação, que será financiada  por meio da doação de empresas, instituições filantrópicas e pessoas físicas, e serão destinadas à hospitais públicos e filantrópicos e em alguns casos diretamente para comunidades vulneráveis.’’ destaca Ralf Toenjes, presidente da ONG Renovatio.

Empresas apoiadoras e patrocinadoras estão doando recursos próprios que abrangem alocação de times, dinheiro e disponibilização de espaços.

Todo o processo de doação dos testes passará por uma verificação técnica de Big Four, com regulamento feito pelo escritório Mattos Filho, a fim de garantir transparência e legitimidade para o dinheiro arrecadado.