Com o objetivo de minimizar o impacto causado pela crise atual, a Rappi se uniu ao movimento “Corona no Paredão”, criado pela ONG Gerando Falcões, que ajudará pessoas que vivem em comunidades carentes. Para isso, a startup criou um botão dentro do superapp que permite doação de “cestas básicas digitais”.

Os valores doados por meio do ‘Doe Agora’ vão de R$ 5 a R$ 2 mil e serão revertidos em recargas de R$ 100 durante três meses, de abril a junho, em cartões distribuídos para famílias necessitadas nesse período de pandemia e habilitados para compras de alimentos e produtos de higiene. O dinheiro arrecadado no app da Rappi será transferido integralmente para a Gerando Falcões.

“Sabemos que a população mais carente é a primeira que sente os efeitos da quarentena. Isso nos levou a procurar um movimento que sempre esteve à frente de iniciativas que admiramos, como a Gerando Falcões para que também pudéssemos contribuir. É uma ação muito positiva pois leva até essas pessoas, de forma muito prática, alimentação e higiene”, explica Sergio Saraiva, presidente da Rappi no Brasil.

A parceria da Rappi com a ONG está em linha com outras iniciativas anunciadas recentemente pela companhia e que visam apoiar toda a comunidade, bem como medidas que têm como prioridade a segurança de todo seu ecossistema de usuários e parceiros. Para mais informações sobre o “Corona no Paredão”, acesse o site.