De olho no mercado e em startups inovadoras que buscam impactar positivamente o mundo, a Superjobs, venture com foco em investimentos de alto impacto, inicia o ano de 2020 anunciando o investimento em mais duas empresas. A companhia já contava com 22 statups em seu portfólio.

As duas startups são de setores diferentes: a mineira Metha Energia é focada em geração de energia distribuída e renovável e a pernambucana Marta Inteligência Imobiliária é uma plataforma desenvolvida para potencializar negócios entre construtoras e clientes interessados em comprar imóveis de maneira inteligente.

“Estes aportes vêm ao encontro do propósito da Superjobs, que é adiantar-se diante das transformações pelas quais o mundo está passando, criando tendências e investindo em inovações”, afirma André Martins, cofundador da venture. A organização, que hoje reúne fintechs, empresas de health care, biotecnologia, entre outros nichos, agora tem presença nos Estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Piauí, Ceará, Pernambuco e Minas Gerais, além da participação na Babel Ventures no Vale do Silício, na Califórnia (EUA).

Os investimentos serão destinados à criação de um elo consistente entre a oferta e a demanda. “Nossa expectativa é que a empresa expanda os serviços de energia com preços mais acessíveis para outros estados do país. Para isso, o plano é realizar novas associações com outras concessionárias e aumentar as conexões com as comercializadoras”, disse Martins sobre a startup mineira. Atualmente, a Metha tem atuação em 180 cidades do estado de Minas Gerais e até o final do ano este número deve ultrapassar 250 somente neste estado, além de iniciar a operação em mais duas capitais.

“Estamos satisfeitos em ter ao nosso lado investidores estratégicos. Consideramos que este será um dos principais diferenciais para o nosso crescimento. O expertise, networking e visão sobre o negócio trazidos por eles são um ativo que antecipará muitos passos em nossa jornada”, diz Victor Soares, fundador e CEO da Metha.

O aporte na empresa Marta recebeu investimentos da ordem de R$ 900 mil, que serão primordiais para sua expansão nacional. A empresa já possui atuação significativa no Nordeste, onde conta com 200 construtoras parceiras e cerca de 10 mil corretores que ajudam a abastecer a plataforma com informações sobre o comportamento dos clientes. Com isso, a solução vem propiciando inteligência capaz de minimizar os custos de encontrar clientes, garantindo alta performance na vendas de imóveis, atingindo 6% de média na conversão em vendas e quatro vezes menos investimento em mídia.

“A expectativa é que a empresa amplie a atuação no Estado de São Paulo, sobretudo para os negócios envolvendo imóveis usados fora do Nordeste”, afirma Martins, da Superjobs.

Nos últimos 12 meses, Marta cresceu cinco vezes em faturamento, e em 25 vezes a quantidade de dados capturados e analisados, contando hoje com 40 pessoas no time. Para Sand Coutinho, fundador e CEO da Marta, a empresa vai manter o mesmo ritmo de crescimento em 2021 e dobrar a equipe, chegando a 80 colaboradores. “Ainda no primeiro semestre, teremos projetos pilotos em regiões de São Paulo que já foram mapeadas”, finaliza Coutinho.