O Startupi participou na noite de ontem do evento de lançamento da Gama Academy, uma escola de transformação tecnológica que oferece programas educacionais para profissões do futuro, oferecendo capacitação nas áreas de programação, design, marketing e vendas, além de conectar profissionais às startups, e-commerces e empresas digitais.

A iniciativa é dos empreendedores Guilherme Junqueira e Saulo Arruda, que juntos somam mais de 20 anos de experiência em educação, eventos, startups e desenvolvimento de pessoas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com o slogan “Se a guerra agora é por talentos, seremos o senhor das armas para o mercado digital”, a escola utiliza uma metodologia de ensino inovadora, um time de professores de altíssimo nível e mais de 20 startups como clientes contratantes dos alunos formados. A Gama oferece programas que se diferenciam pela modalidade gratuita ou paga, e também pela intensidade de aprendizado, com opções em 2 dias, 4 ou 9 semanas de curso imersivo, preparando de maneira plena os profissionais que as empresas digitais buscam.

“Atualmente existem mais de 800 vagas de trabalho em startups. Durante o mapeamento, constatamos que boa parte dessas oportunidades não são ocupadas porque os universitários ou profissionais que atuam no mercado tradicional desconhecem totalmente essas novas opções de carreira. Por isso, além de formar profissionais com os conhecimentos técnicos necessários, também desenvolvemos um mindset empreendedor e soft skills avançadas em nossos alunos, o que potencializa a chance de adaptação com a cultura das empresas de tecnologia”, destaca Guilherme Junqueira, CEO da Gama Academy.

O primeiro programa da escola será o Gama Bootcamp, que acontecerá no mês de maio, em Belo Horizonte – MG, e funcionará como um processo seletivo de trainees para trabalhar em startups. Serão 100 candidatos selecionados para participar de um treinamento imersivo de 4 semanas, e os melhores talentos serão encaminhados para entrevistas nas startups parceiras do programa.

Perfil dos candidatos

Hacker – Desenvolvedores web e mobile/frente e back-end;

Hipster – WebDesign, Usabilidade, UX/UI e produto;

Hustler – Vendas, Desenvolvimento de Negócios e Sucesso do Cliente,

Hiper – Marketing Digital, SEO/SEM e Growth Hacking.

As inscrições são gratuitas e o público-alvo são universitários e recém-formados de qualquer curso superior. A iniciativa conta com a participação de startups como Sympla, Rock Content, Samba Tech, AppProva, entre outras, que irão contratar os melhores candidatos treinados durante o bootcamp. Além de Belo Horizonte, estão no cronograma cursos em São Paulo e Curitiba a partir de julho.

“É visível o desenvolvimento do mercado de startups no Brasil, bem como os investimentos e eventos para o setor. Porém, infelizmente, há um grande déficit na formação de profissionais para atuarem e darem continuidade ao crescimento. Hoje existe uma verdadeira guerra na busca por talentos e o Gama atuará diretamente na formação de profissionais. Nossa sala de aula funcionará como uma arena em que todos irão ganhar e que irá ascender ainda mais o cenário positivo que as startups brasileiras têm no mundo“, afirma Guilherme.