Após processo de seleção de cinco meses, startup de análise de dados em tempo real foi escolhida para receber aporte da TOTVS Ventures e passar por imersão no Vale do Silício.

A startup Intelie, do Rio de Janeiro, foi escolhida para receber um investimento Série A de R$ 1,7 milhão. Dois empreendedores da startup passarão por uma imersão de cinco dias no TOTVS Labs, laboratório de inovação que o grupo mantém no Vale do Silício (assista aqui nossa entrevista com o diretor do TOTVS Labs, Vicente Goetten).

O resultado foi anunciado em evento fechado a convidados na noite desta quinta-feira (5), em São Paulo. Lançado em 2 de abril, o concurso recebeu 1.135 inscrições de empreendedores de nove países, entre eles Brasil, Argentina, Bolívia, Chile e Uruguai e contribuiu para o desenvolvimento das startups com conteúdo especializado, palestras e mentoria de executivos da TOTVS.

A Intelie desenvolve soluções para análise de dados em tempo real, foi fundada em 2009 e tem entre seus clientes Walmart e Globo.com. “Hoje é o primeiro dia. Há muito a crescer e a aprender. Faremos nosso plano de negócios virar realidade, com a parceria da TOTVS”, diz Ricardo Clemente, sócio-fundador da Intelie. “Temos soluções complementares ao portfólio da TOTVS e foco nos segmentos em que a empresa atua. Nosso desafio é levar inteligência em tempo real para a operação de negócios dinâmicos.”

Agendor também recebeu investimento

A excelência das finalistas fez com que a TOTVS | Ventures decidisse investir também na segunda colocada do concurso, a Agendor, que receberá um seed investment de R$ 350 mil. A startup, acelerada pela Tree Labs, desenvolve soluções de CRM SaaS para pequenas e médias empresas. Veja aqui mais matérias sobre a Agendor. As outras finalistas foram bLive TI e Crowdtest.

Com a premiação, a Intelie terá acesso à rede de negócios da TOTVS no Brasil, na América Latina e na Califórnia. O prêmio inclui uma viagem de cinco dias aos Estados Unidos para conhecer o laboratório da TOTVS no Vale do Silício e fazer uma imersão em Mountain View, um dos ambientes mais inovadores do mundo.

“Desde o lançamento, o concurso TOTVS START it up teve como missão ser um processo para amadurecimento e desenvolvimento das startups participantes”, afirma o vice-presidente de Estratégia e Finanças da TOTVS, Alexandre Dinkelmann. “Nosso objetivo era que cada startup saísse melhor do que entrou no concurso, e ele foi atingido.” Executivos da TOTVS | Ventures estiveram presentes em cada etapa do concurso para orientar os empreendedores e garantir sinergia entre a empresa vencedora e a TOTVS.

A seleção teve quatro fases e, ao longo do processo, os empreendedores tiveram que provar seu potencial de crescimento e retorno, dentro de um modelo de negócios capaz de ganhar escala. A última e decisiva etapa aconteceu nesta quinta-feira, quando os quatro finalistas apresentaram seu plano de negócios – desenhados com o apoio dos mentores da TOTVS – para uma banca formada pelo presidente da TOTVS, Laércio Cosentino; pelos vice-presidentes de Estratégia e Finanças, Alexandre Dinkelmann; de Negócios, Marilia Rocca; e de Inovação, Tecnologia e Quality Assurance, Weber Canova; pelo diretor da TOTVS | Ventures, Fernando Taliberti; e pelo integrante do Conselho de Administração da companhia German Queiroga. Assista aqui a um depoimento de Fernando Taliberti, diretor da TOTVS Ventures.

O concurso TOTVS START it up contou com o apoio da consultoria internacional Egon Zehnder, na avaliação do perfil de gestão dos empreendedores participantes, e da Ernst & Young Terco, para uma entrevista de avaliação das práticas de gestão e governança das startups.