Se pudéssemos dizer que a incubadora é equivalente à seiva bruta e a aceleradora se assemelha à seiva elaborada, nada melhor que juntar ambas as funções na Raiz, um projeto novo da Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), cujo programa de aceleração está com inscrições abertas até o dia 15 de setembro.

“A Facens se propôs a testar um novo modelo de incubação de empresas”, diz ela. Até aí tudo certo, mas o povo quer saber: qual o conceito? Incubadora ou aceleradora? “Na verdade não somos nenhuma coisa nem outra. Somos uma mescla dos dois modelos! Buscamos as melhores práticas de cada um e criamos uma plataforma de desenvolvimento de negócio, a Raiz”, me contou uma das coordenadoras do projeto, Daniella Leão. “Falamos inclusive que somos um protótipo de uma aceleradora”, continuou.

O Raiz começou em maio de 2013 e será posto em prática em outubro, com duração de três meses. Embora esteja localizado em Sorocaba, o projeto vai abarcar ideias do Brasil todo. Não há limitação de tema e as inscrições são gratuitas.

Veja, abaixo, alguns dos principais trechos da nossa conversa por e-mail.

Chamada

“Decidimos lançar o programa para empreendedores de startups de todo o Brasil, sendo que o programa não tem custo nenhum para os empreendedores, desde a inscrição até a participação em si. Inclusive, os que forem selecionados irão receber um aporte financeiro para já cobrirem quaisquer despesas durante os três meses e investirem em suas startups.”

Apoios

“Temos apoio sim! Aliás, a Raiz conecta os empreendedores aos parceiros que poderão dar suporte nas seguintes áreas: gestão, tecnologia, mercado, capital, desenvolvimento pessoal e social. Nossos parceiros são empresas que pertencem ao mesmo grupo, sendo este o nosso grande diferencial. São eles: Grupo Splice, Atua Agência, Smyowl e IAHB. Temos outros dois grandes parceiros que também irão dar suporte aos empreendedores e à própria RAIZ: SEBRAE-SP e Instituto Sistêmico.”

Além de dar suporte em áreas estratégicas e diversificadas, todos os parceiros apresentam uma grande sinergia. Queremos transformar Sorocaba por meio do empreendedorismo como atitude e como negócio; essa é a nossa grande visão.”

Programa

“Com relação ao programa em si, serão três meses, com semanas de treinamentos e workshops (iremos aplicar teorias de Customer Development, Lean Startup, Value Preposition Design), e muita mão na massa. O nosso programa tem o objetivo de validar modelos de negócios, por isso iremos fazer protótipos e testar o máximo de vezes possíveis. Quanto ao investimento, irá depender de cada projeto. Se tiverem ideias em educação, mobilidade urbana ou tecnologia, o grupo poderá se interessar em investir, já que nossos parceiros atuam nesses segmentos. Porém, se o grupo não se interessar, a Raiz poderá conectar as startups com outros investidores anjos. Deixamos claro que a Raiz não se responsabiliza por tais negociações. Nosso trabalho será de apenas conectar empreendedores e potenciais investidores, mas não faremos parte do processo de negociação.”