A Iugu, startup de pagamento eletrônico, está oferecendo um serviço paralelo a seu negócio principal. Eles abriram uma biblioteca para Ruby para emissão e gerenciamento da nota fiscal paulistana. O código aberto pode ser encontrado aqui e funciona como um atalho para emitir o documento.

“O projeto está com todas as funções disponíveis no webservice da Prefeitura de SP e com a camada de criptografia e assinatura digital completa”, diz comunicado divulgado pela empresa. “Pode ser um belo atalho para quem precisa emitir notas fiscais, mas ainda depende de soluções pagas ou terceiros.”

“Estamos seguindo exemplos do que o pessoal está fazendo lá fora, são componentes internos da nossa plataforma que não fazem parte do core-business, mas que seriam de grande valor para outras empresas”, explica Patrick Ribeiro Negri, um dos sócios da Iugu.

Os outros projetos open source da companhia podem ser encontrados aqui.

Foto: Elliott Cable