Foi anunciado ontem pelo Finep que está em fase de estruturação o Fundo de Investimento e Participação (na sigla, FIP) Inova Empresa, que disponibilizará R$ 200 milhões em equity para empresas de inovação, incluindo das TICs (de tecnologia da informação). A iniciativa faz parte do programa Inova Empresa, que destinará R$ 30 bilhões para inovação até 2014 (veja aqui um vídeo sobre a Inova Empresa).

Quem anunciou que o Finep está estruturando o fundo foi Glauco Arbix, presidente da instituição. Segundo ele, o FIP será dividido em quatro fundos: FIP Biotecnologia, FIP TICs, FIP Novos Materiais e FIP Incubadoras e Parques.

“O desfio central da economia brasileira é a produtividade. A tecnologia e a inovação são os novos personagens que precisam entrar em cena para revertermos esse dilema. Esta é a única forma de transformar essa realidade e introduzir valor à economia”, disse Arbix, segundo texto divulgado pelo Finep. Ele definiu o Inova Empresa como “um marco que vem sinalizar que nossa tradição de economia fechada é um capítulo do passado”.

“Nestes dois anos, multiplicamos por sete o orçamento da FINEP e criamos novos instrumentos para pavimentar o trabalho em direção à inovação”, afirmou Glauco. A instituição também afirma estar integrando suas modalidades de financiamento e descentralizando a concessão de subvenção e do crédito para pequenas empresas. Ele também afirma que houve uma redução do prazo médio para a contratação de projetos, de 452 para 112 dias.

Leia aqui tudo o que o Finep divulgou sobre o assunto

A gente já falou sobre o Inova Empresa aqui

Foto: Rodrigo Denúbila