A Macmillan, responsável por publicações de revistas científicas como a “Nature” e a “Scientific American”, abriu no Brasil um escritório do seu braço de negócios digitais, a Macmillan Digital Education. A companhia abre as portas no país já investindo em duas startups locais e lança uma nova empresa: a English Up.

A English Up mantém um curso online de inglês para iniciantes voltados para adultos, com a ideia de fazer com que eles se tornem engajados e motivados a aprender a nova língua. O foco está na parte mais alta da classe C no Brasil, incluindo adultos ocupados, que não têm o tempo e o dinheiro para aprender inglês.

Matthias Ick, representante da empresa, contou que a startup é uma iniciativa que nasceu dentro da própria Macmillan, as funciona como uma startup. Matthias recebeu um grupo de convidados para o lançamento do escritório da companhia no país na tarde de ontem.

Além de lançar a English Up, a Macmillan Digital Education investe nas startups brasileiras Veduca, que disponibiliza vídeos de aulas online, e EasyAula, que funciona como uma plataforma para o agendamento de aulas. Durante o evento de ontem, as duas tinham coisas novas para anunciar.

A Veduca falou sobre a sua repaginada no visual e anunciou que fechou uma parceria com o jornal “Estadão”, para colocar seus vídeos de aulas nas notícias publicadas no portal da publicação. Já a EasyAula anunciou uma plataforma que permitirá que os professores deem aulas online para seus alunos –antes, o site só ajudava a agendar as aulas “offline”.

Investimentos
Matthias, da Macmillan, também traçou um perfil dos negócios que a empresa procura para investir no Brasil. Segundo ele, a Digital Education funciona como um Venture Capital e uma incubadora de negócios, que adiciona dinheiro e outros valores às startups em que investe. Inicialmente, eles pretendem investir mais em negócios que liguem empresas aos consumidores finais.

“Nós fazemos geralmente investimento em estágio inicial, algo entre US$ 250 mil e US$ 3 milhões, mas existem oportunidades para fazer algo maior”, explicou. Ao investir, a Macmillan procura negócios que tenham perspectivas além de um país específico, mas estejam focadas nos mercados emergentes.

Atualmente, a Macmillan Digital Education tem sete empresas em seu porfólio mundial: Veduca, EasyAula, English Up, Tutoria, Maths Doctor, Hey Tutor e Cramlr (Acesse aqui o portfólio da companhia).

Leia mais sobre os investimentos da Macmillan no Brasil:

– Divisão digital do grupo britânico Macmillan investe na Veduca

– Na chegada ao Brasil, Macmillan Digital investe também na EasyAula