Dando continuidade à sua estratégia de expansão no Brasil, a Lavoro, distribuidora de insumos agrícolas, acaba de adquirir a Casa Trevo Comercial Agrícola e da CATR Comercial Agrícola. Fundada em 1973, a Casa Trevo atua com as bandeiras Agroceres e Bayer, já CATR, que iniciou as atividades em 2006, com a bandeira BASF.

Ambas as empresas, que pertencem ao Grupo AZ, estão localizadas na cidade de Nova Prata, no Rio Grande do Sul, e são especializadas na distribuição de insumos agrícolas e na difusão de tecnologias para revendas, cooperativas e cerealistas do Estado. As aquisições da Casa Trevo e da CATR estão alinhadas à estratégia de negócios do grupo Lavoro, que contempla o crescimento orgânico, por meio da abertura de novas lojas, e a incorporação de empresas que tenham sinergia com a companhia. 

“Estamos muito felizes com a chegada da Casa Trevo e da CATR ao grupo Lavoro. As aquisições têm como principal objetivo marcar a nossa chegada ao Rio Grande do Sul, uma região em que, até então, não atuávamos, e que possui extrema relevância para o agronegócio brasileiro. Nossa meta é dobrar os negócios de ambas as empresas, nos próximos quatro anos, por meio do reforço da equipe de vendas e ampliação geográfica”, afirma Marcelo Abud, CEO da Lavoro.

Em 2021, as novas investidas somaram mais de R$ 200 milhões em receitas com a comercialização de insumos agrícolas, atendendo mais de 450 clientes (80% são revendas). As empresas do Rio Grande do Sul possuem juntas um escritório corporativo e dois centros de distribuição em Nova Prata, no estado. A equipe de campo é formada por mais de 12 vendedores e seis assistentes técnicos.

Com mais de 190 lojas no Brasil e na Colômbia, o Grupo Lavoro comercializa marcas próprias de agroquímicos, fertilizantes foliares e insumos biológicos. O faturamento da empresa chega a R$ 7,5 bilhões, mantendo um acelerado crescimento anual. Na América Latina, cerca de 2,5 mil funcionários são empregados por empresas que fazem parte da Lavoro.