Pivotar uma empresa: conheça esse termo que pode mudar os rumos do seu empreendimento

* Por Rubney L. Belloni

Praticamente todas as empresas enfrentam um período de crise que traz muitos desafios para que o empreendimento possa continuar operando. Às vezes, a ideia original que levou à fundação do negócio não funciona mais e novos rumos podem ser necessários. Essa mudança de caminhos tem um nome: pivotar.

Pivotar uma empresa: compreenda o significado

Pivotar significa “mudar de direção”. Para o empreendedor, é necessário mudar a direção do empreendimento mantendo a base tecnológica existente para que não se perca o que já foi conquistado.

É muito comum que empresas, principalmente startups, pivotem, principalmente no início dos negócios, por causa da incerteza e falta de orientação adequada.

E quando se fala em pivotar, não é em referência àquelas pequenas mudanças nos planos de negócios. Esse tipo de mudança é habitual em qualquer empresa. Pivotar significa uma grande alteração estratégica, um verdadeiro giro para outro direcionamento no esquema operacional dos negócios.

Saiba qual é o momento de pivotar sua empresa

Antes de pivotar, faça uma análise do seu negócio, verifique o mercado em que atua e apure os dados empresariais para ter embasamento para uma decisão. Cada empresa tem a sua própria realidade, mas, de uma maneira geral, costuma-se optar por pivotar quando os caminhos estratégicos adotados até então não estão mais levando o empreendimento a alcançar os objetivos definidos. Caso tenha dúvidas se é o momento certo para pivotar, busque um feedback de seus clientes a respeito do seu negócio. O auxílio profissional também é indispensável. 

Alguns casos que podem levar à pivotagem:

→ O serviço oferecido ficou obsoleto no mercado.

→ Seus clientes foram em busca do serviço de outra empresa ou mudaram de interesse.

→ Uma nova oportunidade de negócio se apresentou para você.

→ Seu produto não é aceito pelo mercado.

Para pivotar, avalie os seguintes fatores:

✔ O motivo de pivotar. Entenda o que está acontecendo na empresa que faz com que você busque essa ação e analise se a mudança é justificável.

✔ Verifique em qual fase do negócio a empresa se encontra. Negócios iniciantes são mais fáceis de pivotar. Empreendimentos mais antigos requerem um melhor planejamento estratégico.

✔ Observe os recursos disponíveis, pois quanto maior for a mudança, mais tempo e dinheiro serão necessários investir. 

Pivotar é mudar o negócio e não desistir!

O empresário opta por pivotar quando entende o momento pelo qual a empresa passa. Essa atitude é muito diferente de desistir. Pivotar é buscar um meio para que o seu negócio volte a se posicionar no mercado e ser mais flexível e lucrativo. Quem assimila a necessidade de se aprender com os erros, consegue testar novas possibilidades e transformar o negócio em uma atividade ainda maior do que a original.

O insucesso inicial não é motivo para desistência. Lembre-se sempre de que empreender é assumir riscos. Ao perceber a inviabilidade do modelo inicial, pivotar permite estruturar um novo modelo de negócios com uma vantagem preciosa: agora você sabe o erro e já consegue reconhecer quais são as melhores oportunidades para fazer a sua empresa fluir.


Rubney L. Belloni, tem 28 anos e é CEO na BLN Contabilidade. Possui Bacharel em Ciências Contábeis pela UNIP Assis/SP e MBA em Controladoria de Empresas pela UNIP Assis/SP. É professor, voluntário e conselheiro fiscal no Vozes | Instituto Gerando Falcões e voluntário na Casa de Acolhida Pietá – Núcleo São Paulo/SP.

Espaço Exclusivo para Empreendedores transmitirem conhecimento, desafios e experiências sobre aceleração, captação de investimentos, planejamento de marketing, escalabilidade, feiras e missões comerciais, internacionalização; know how sobre modelagem de negócios, mentoria, MVP, pivotagem, relação com investidores, com sócios, com clientes…e muito mais!

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.