A Croct, startup que desenvolve tecnologia para personalização de jornadas digitais, é a mais recente investida da gestora de venture capital Astella Investimentos. A empresa recebeu um aporte de R$ 7 milhões com participação do Big Bets e de investidores-anjo.

A empresa foi fundada por dois ex-colegas de trabalho Marcos Passos e Juliana Amorim. Especializados em tecnologia e marketing digital, respectivamente, ambos identificaram a urgência por uma plataforma que melhorasse a experiência on-line dos consumidores de forma analítica e escalável.

O motor de personalização da Croct processa dados em tempo real. Informações como a localização, comportamento de navegação e interesses do usuário são trabalhados em milissegundos. Assim, empresas podem entregar experiências mais adequadas aos visitantes.

Na prática, o serviço permite que pessoas diferentes vejam conteúdos diferentes, mesmo se estiverem acessando o mesmo site, ao mesmo tempo. Em todos os casos, tudo é feito de acordo com a Nova Lei de Proteção de Dados, utilizando-se apenas dados anônimos.

“Trabalhava com estratégias de growth em uma empresa e logo me ficou claro o dinheiro perdido por conta da falta de personalização em sites”, diz Juliana. “Muitos lugares deixam de fazer isso porque esse conhecimento sobre o usuário exige testes e experimentos que hoje não compensam serem desenvolvidos por pequenos e médios negócios.”, complementa.

Já nos primeiros testes com clientes, a dupla conseguiu aumentos de vendas que ultrapassaram 15%. Atualmente, o crescimento médio da taxa de conversão é de 20%, mas no caso mais bem-sucedido até agora, o valor ultrapassou a margem de +500%.

“Nós fornecemos tecnologia para que empresas entreguem experiências diferentes a usuários diferentes. Até então, a tecnologia de personalização em escala era restrita a gigantes como Netflix, Amazon e Spotify, mas nós estamos tornando essa inteligência acessível para que qualquer negócio, mesmo startups em estágios iniciais, possam personalizar e potencializar a experiência do cliente desde os primeiros dias”, completa Marcos.

Com um ano de operação, a startup conta com clientes em diversas áreas como a empresa de pagamento automático em pedágios e estabelecimentos Sem Parar, a startup de contabilidade Contabilizei e as corretoras Warren e Órama. Além do aumento da taxa de conversão, outro número destacado é o de redução média em 68% no custo de aquisição de clientes (CAC) junto a seus parceiros.

“A Croct possui ferramentas para endereçar uma dor comum às empresas que apresentam e vendem seus produtos em plataformas digitais dos mais diversos segmentos, que é a de apresentar ao consumidor o que ele precisa, sem estar frente a frente com a pessoa para perguntar, antes de perder o interesse e atenção do mesmo. O potencial é gigantesco para uma solução tão inovadora quanto necessária, dado que parcelas cada vez maiores da população usam os canais digitais para se informar e comprar produtos e serviços”, diz Laura Constantini, sócia da Astella Investimentos.

Segundo os sócios, parte do investimento feito pela Astella será usado para aprimorar o produto. Junto com o aporte captado, a startup trouxe para fazer parte da equipe o ex-vice-presidente de engenharia e produto do Google para a Europa e mercados emergentes Nelson Mattos. Ele foi responsável por equipes que desenvolveram produtos como o Chrome, Android, Google Meets, e o Calendar, além de trabalhar para o fomento do crescimento da internet nesses países.

“Eles estão atacando um problema extremamente relevante, com uma solução única, que permite uma experiência excelente para o usuário, protegendo totalmente sua  privacidade, o que é um grande diferencial”, diz ele.

Foto em destaque: Juliana Amorim e Marcos Passos, fundadores da Croct.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.