* Por Paulo Brancaglion

Você já ouviu falar em automação de processos? Esse é um termo que vem ganhando popularidade nas empresas brasileiras – podendo ser aplicado para gerar vários benefícios em toda estrutura organizacional. 

A também conhecida “robotização de processos” refere-se ao uso de ferramentas que automatizam parcial ou totalmente atividades humanas manuais, baseadas em regras repetitivas. 

No último dia 17, realizamos uma palestra online na ASPA Pernambuco para mostrar dados sobre o benefício de automatização de tarefas, levantados pela Dootax, startup que utiliza a tecnologia para descomplicar as rotinas fiscais dentro das empresas. Por eliminar as burocracias que as empresas sofrem para fazer recolhimento de impostos, a automação de processos simplifica as operações e possui muitos benefícios. 

Vou apresentar dados com base no que acontece com algumas das companhias que trabalhamos neste processo, e, também, nossas análises sobre o mercado e setor, já que temos a expertise de atender mais de 400 grupos, cerca de 15 mil CNPJ ativos. Para se ter uma ideia, a Dootax gera mais de 1 milhão de guias por mês, totalizando mais de 2 bilhões de impostos processados, atendendo as esferas federal, estadual, municipal, além de gerar as guias interestaduais: GNRE e DIFAL. Na economia de tempo, são mais de 40 mil horas/mês, totalizando 8,2 milhões de horas por ano, na emissão de impostos/pagamentos. 

Os problemas enfrentados por empresas em um país burocrático como o Brasil  são inúmeros. Na questão fiscal, pagamentos em duplicidade, pagamentos com multas e juros, e não ter a segurança de digitar guia de altos valores, por erros humanos causando déficit nos caixas, são alguns deles. 

Como a automação de processos elimina esses problemas?

A automatização de processos na área fiscal é importante, principalmente pela redução de custo e aumento de tempo e produtividade das empresas. Fizemos um estudo no qual as empresas têm um custo oculto, com perda de dinheiro, sem saber que ela está sofrendo essa perda de forma operacional. Cerca de 18% das empresas têm pagamentos de multas e juros, 25% já pagaram guias em duplicidade e 37% tiveram caminhões parados na barreira fiscal.

Com a automação realizada por softwares como o da Dootax, que utiliza RPA (robotic process automation), automatiza desde a emissão até o pagamento dos impostos entre 15 a 20 minutos, também automatizando os pagamentos em diversos bancos, evitando pagamentos em duplicidade, centralizando todos os processos em um único lugar, eliminando tarefas manuais e repetitivas, fornecendo mais produtividade aos colaboradores, economia de tempo e dinheiro. A automação de tarefas para desburocratizar processos veio para ficar.


Paulo Paulo Brancaglion, é formado em propaganda e marketing, possui mais de 8 anos de experiência em atendimento ao cliente, com vasto conhecimento na área comercial. Atualmente é líder de Inside Sales na Dootax participando na negociação e fechamento de contratos.