A ExitLag, desenvolvida a partir do zero por jogadores para jogadores, que otimiza e busca as melhores rotas de conexão automaticamente, deu mais um passo importante no mercado e anunciou a compra da sua concorrente norte-americana Haste. Com isso, toda operação, tecnologia, estrutura e parceiros passam a ser unificados e apropriados pela empresa.

Essa aquisição representa um grande crescimento da ExitLag no mercado, além de ganhos significativos para a penetração do serviço em âmbito global, que já conta com servidores espalhados por todos os continentes para obter uma otimização de latência em todos os tipos de conexão, e promete ficar ainda melhor.

A Haste é uma startup americana que surgiu há seis anos que recebeu, recentemente, um aporte de US$ 10 milhões e já contou com mais de 1,5 milhões de usuários. O software que melhora a rota de conexão e evita o lag é utilizado por jogadores profissionais, casuais e organizações ao redor do mundo.

“Não tivemos um aporte milionário, mas tivemos uma ascensão rápida em diversos aspectos. Acreditamos que esse passo foi muito importante para o mercado e para uma nova evolução no segmento de latência otimizada.”, comenta Fabiano Skowronski, Co-CEO da ExitLag.

Outro Co-CEO da ExitLag, Leandro Sandmann finaliza sobre a mudança: “Estamos muito satisfeitos em saber que chegamos a esse nível de excelência e que o mercado de rota de conexões está muito avançado. Foi uma transação muito positiva para a comunidade e para todos nós. Esperamos melhorar ainda mais a experiência de quem utiliza nossos serviços.”, completa.


Foto em destaque: Fabiano Skowronski e Leandro Sandmann, Co-CEOs da ExitLag.