* Por Henrique Volpi

Uma nova realidade empresarial se apresenta após meses de crise. Provavelmente teremos ainda muitos outros meses de crise pela frente, desta vez econômica, para toda a população. E as dúvidas surgem: Como um empreendedor deve ser preparar para navegar por este período incerto? Quais são as principais mudanças e fatores críticos de sucesso neste novo cenário?

Frugalidade. Em um primeiro momento, um ponto já bastante discutido é a redução de custos em todas as linhas. Mesmo aquelas que você já considera enxutas. Uma abordagem interessante é o antigo e já muito famoso Orçamento Base Zero (OBZ). Parte de uma premissa que todas são linhas novas de custo que precisam se aprovadas e não linhas incrementais, sendo comparadas com gastos do passado.

Outro conceito interessante no momento é a Receita Base Zero (RBZ). Faça uma análise com a premissa de que todas as suas linhas de receita irão para zero. Neste cenário, quantos meses a sua empresa consegue se manter. Você tem acesso a linhas de crédito? Consegue abrir novas linhas? Pode antecipar recebíveis? Ao fazê-lo, quantos meses adicionais você consegue para a sua empresa no cenário RBZ (receita base zero).

Abraçar e evoluir o canal digital também é uma ação que precisa ser feita imediatamente. De fato, para os negócios que já são nativos digitais, este processo é natural e talvez apenas mudanças pontuais precisem ser feitas ou revistas. Mas, o que fazer naqueles negócios que tradicionalmente vivem de contato com os clientes?

Bares e restaurantes, por exemplo, são uns dos negócios mais impactados e com apenas a alternativa de entrega ou retirada de produtos no estabelecimento. Neste caso, você não precisa necessariamente de uma plataforma digital nova. Muito pode ser feito com pedidos via o antiquado método do telefone, WhatsApp ou mesmo Facebook. A recomendação aqui é de luta. Tente receber pedidos e fazer entregas.

Em um momento de crise humanitária, uma das medidas que podemos fazer é de justamente apoiarmos os pequenos negócios, os de bairro, que precisam da nossa ajuda. Apoie a sua padaria, pizzaria predileta, bar mais próximo da sua casa e todos os restaurantes do seu bairro se possível. Ligue, mande um e-mail, peça sua refeição com eles. Todos precisam de ajuda. Estamos todos juntos nessa e vamos passar por mais esse desafio.


henrique volpiHenrique Volpi é sócio-fundador da Kakau Seguros, formado em Administração pela PUC-SP, com especializações em fintech pelo MIT e em liderança do futuro pela Singularity University. Trabalhou em empresas como BMC, EMC Dell e Servicenow. Foi co-autor do livro “The INSURTECH Book: The Insurance Technology Handbook for Investors, Entrepreneurs and FinTECH Visionaries”.