* Por Caio Nogueira

Criar uma loja virtual é o sonho de muitos empreendedores que veem a web como uma fonte real de riqueza. Infelizmente, há alguns anos atrás, vender na Internet era “mais simples”, hoje devido à concorrência acirrada e a uma série de outros fatores, o sucesso nos negócios está longe de ser fácil.

Se você está lendo este artigo, provavelmente é porque está prestes a abrir sua primeira loja virtual e começar a vender seus produtos e serviços na web.

Não queremos ser os destruidores do seu sonho, pois hoje todos podem ter uma ideia brilhante, começar e concretizá-la. No entanto, queremos colocá-lo na frente da realidade nua e crua, para que você possa medir suas habilidades reais e decidir continuar em seus negócios com uma maior consciência do que é necessário para ter pelo menos uma chance de sucesso no mundo online!

Então vamos descobrir o que você precisa saber antes de iniciar seu negócio?

O que considerar antes de iniciar uma loja online?

Quais produtos você vai vender na loja virtual?

Uma das decisões mais importantes é determinar quais produtos você venderá em sua loja online. Sua melhor aposta é começar pequeno, com alguns produtos selecionados baseados em um nicho específico, como produtos de loja de brinquedo, equipamento de mergulho, produtos para caminhadas, de viagem etc.

Comece com uma quantidade de produtos nesse nicho, você sempre pode adicionar mais produtos à sua loja à medida que o negócio cresce.

Certifique-se de escolher um nicho no qual você esteja pessoalmente interessado. Se você não estiver interessado no que está vendendo, perderá rapidamente sua paixão.

Consulte um contador

Todo empresário de sucesso sabe que quanto você ganha é menos importante do que quanto você guarda. Como proprietários de empresas, estamos sujeitos a impostos potencialmente mais altos e, para piorar a situação, ninguém fica com você ao longo do caminho e o orienta sobre como reduzir os gastos e maximizar o lucro.

Assim, um contador será o alicerce para tudo o que está por vir, pois seu contador poderá ler suas demonstrações financeiras e avaliar com precisão a obrigação tributária da sua loja virtual.

Portanto, antes de iniciar qualquer negócio, consulte um contador e descubra que tipos de estratégias comerciais legais você precisa adotar:

– Você será MEI ou ME?

– Precisará registrar o nome da sua empresa e obter CNPJ?

Você precisará estabelecer políticas de devolução

Estabelecer uma política de devolução é uma obrigação para qualquer loja online. Clarificar sua política de devolução não só é bom para sua equipe, mas também é essencial para ganhar a confiança de seus clientes

Parte de uma política de devolução também depende dos tipos de produtos que você está vendendo. Por exemplo, por motivos de saúde e higiene, se você estiver vendendo produtos para amamentação e alguém devolver uma bomba de amamentação, legalmente não poderá revender essa bomba.

Existem problemas semelhantes com roupas íntimas, roupas de banho, cosméticos e muitos outros tipos de produtos. Ao escrever sua política de devolução, considere que pode ser necessário definir políticas diferentes para itens específicos que você vende.

Defina o método de processamento de cartão de crédito

Um custo necessário para fazer negócios online é o custo do processamento do cartão de crédito. Felizmente, nos últimos 20 anos, coletar dinheiro online é mais fácil do que nunca.

A maioria das empresas de processamento de cartão de crédito cobrará uma taxa por transação e, em seguida, uma porcentagem com base no custo dos itens vendidos. Procure a melhor tarifa e a ferramenta de processamento de cartão de crédito mais fácil de ser integrada ao seu site.

Custos gerais de uma loja virtual

Ao iniciar um negócio online, existem alguns custos que você pode esperar antes de fazer sua primeira venda. Sua loja online é um canal de vendas e atua como uma pessoa de vendas para o seu negócio.

Vender online pode ser muito econômico, pois há menos custos com recursos humanos e infraestrutura em comparação com os negócios tradicionais. Mas não se engane, a venda online não é gratuita e seus resultados dependerão diretamente de seu investimento, qualidade de serviço e produtos.

Todos esses custos tradicionais ainda existem e não desaparecem magicamente se você vende online:

– Recursos humanos

– Custo dos produtos

– Armazenagem

– Logística

– Marketing tradicional

– Impostos comerciais

– Honorários de contador

– Aluguel e utilidades

Organização do estoque de loja virtual

Com seu nicho selecionado e seu plano de negócios pronto, você está perto de abrir sua loja online. No entanto, antes de iniciar o site e começar a fazer vendas, você precisa encontrar e comprar o estoque que será usado para sua loja online.

Mantendo o seu nicho em mente, pesquise online e crie uma lista de possíveis atacadistas para usar nos seus negócios. Fique de olho nos itens disponíveis, preços, requisitos mínimos de pedido e custos de envio para determinar qual atacadista será o melhor parceiro para o seu negócio.

Um dos maiores benefícios na compra dos produtos em atacado é que você terá mais controle sobre o envio de seus produtos aos clientes. Você poderá controlar como os produtos são enviados, bem como a embalagem que seus clientes recebem. Isso oferece uma oportunidade melhor para marcar sua empresa.

No entanto, a compra de seu estoque por meio de um atacadista também tem suas desvantagens. Essa opção pode ser mais cara com base nos requisitos mínimos de compra. Empacotar e transportar seus próprios itens pode aumentar suas despesas.

Dropshipping

Se você não quiser trabalhar com um atacadista, o dropshipping é outra opção a considerar para sua loja virtual. Com o dropshipping, um fornecedor terceirizado atende aos pedidos de seus clientes. Seu cliente faz um pedido, o pedido é automaticamente enviado ao seu fornecedor, e o fornecedor é responsável por embalar e enviar o pedido ao seu cliente.

Existem algumas desvantagens associadas ao dropshipping. O fornecedor ou fabricante lida com embalagem e envio, assim, você não pdoe personalizar a embalagem dos pedidos enviados. Uma falta de comunicação com seu fornecedor de dropshipping pode resultar no cancelamento de pedidos ou pedidos em atraso, o que pode levar a clientes insatisfeitos.

Além disso, você deve considerar que, se algo der errado, sua marca será responsável.

Independentemente do caminho a seguir, é importante consultar adequadamente qualquer fornecedor que você esteja usando para sua loja virtual.

Com um planejamento cuidadoso, financiamento estratégico e um pouco de trabalho, você pode iniciar e operar sua própria loja virtual.


caio nogueiraCaio Nogueira é cofundador da UpSites, uma agência de criação de sites, apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que conectem pessoas e objetivos.