Monetização de sites: as diferentes formas de gerar receita com um site

* Por Caio Nogueira

Se administrarmos um site e quisermos usá-lo para ganhar algum dinheiro, precisaremos conhecer algumas técnicas de monetização de sites. O processo pode ser complexo e cansativo, mas o conceito de monetização é muito simples: monetizar significa ganhar dinheiro com nosso site!

Existem muitas possibilidades de monetizar e uma possibilidade infinita de combinações e estratégias. Todos eles, no entanto, são baseados em dois fatores-chave simples: quanto tráfego o site recebe e quanto dinheiro é gerado a cada 1000 visitantes (ou a cada 1000 visualizações).

Para aumentar o número de visitantes, é necessária uma estratégia de aquisição de tráfego, que, para ser realizada, requer conhecimento de conceitos como SEO, marketing de rede social e muitos outros. Neste guia, veremos como gerar receita com o tráfego existente!

O que significa monetizar um site?

Quando falamos de monetização, nos referimos à capacidade de um site gerar receita, ou seja, transformar tráfego em dinheiro.

Um site que gera tráfego e atrai o interesse das pessoas, de fato, não é necessariamente capaz de gerar renda e esse é o grande problema de muitas atividades nascidas na rede, algumas também muito populares.

Se o primeiro passo, portanto, é capturar a atenção das pessoas, o segundo será necessariamente transformar esse interesse em uma renda econômica.

Tipos de monetização de sites

Exibição de publicidade

A maioria dos sites usa publicidade para gerar renda. Na prática, isso significa colocar anúncios em banner no site.

Essa atividade pode ser configurada de duas maneiras:

– A primeira é vender seus espaços diretamente para os anunciantes

– A segunda (mais simples) é conectar seu site a vários programas de publicidade, como o Google Adsense, que automaticamente coloca banners, vídeos e anúncios de texto no site.

Você precisa pensar no seu site como um nó que conecta (de várias maneiras) potenciais compradores a possíveis vendedores de produtos ou serviços. Obviamente, o proprietário do site ganha com essa ação de conexão entre demanda e oferta em potencial, e essa é a síntese extrema da monetização.

Nesse tipo de monetização de sites, a publicidade gráfica é comprada e vendida de várias maneiras diferentes. Alguns espaços são vendidos por CPM ou a um custo predeterminado para cada 1000 visualizações de um banner (ou vídeo).

No caso do Adsense, por outro lado, a monetização ocorre por CPC. Nesse caso, o Google compensa o editor (ou seja, o proprietário do site que hospeda o código do Adsense) com base nos cliques feitos pelos usuários do site nos banners fornecidos pelo Google.

A publicidade gráfica (automatizada ou não) é provavelmente o método mais comum para gerar receita com um site. Mas não é o único.

Monetização de sites com marketing de afiliados

Os mecanismos de publicidade incluem a ideia de participar de um ou mais programas afiliados. A operação dessa estratégia é simples. O operador do site (afiliado) assina programas especiais, disponíveis na Internet, nos quais um sujeito propõe uma remuneração variável pela venda de produtos ou serviços ou outras atividades como por exemplo, inscrição em serviços, preenchimento de formulários etc.

Ao se inscrever em um programa de afiliado, você tem a possibilidade de publicar em seu site “links especiais” e até mesmo cupom de desconto que permite rastrear qualquer venda ao tráfego gerado por um afiliado específico e, ao mesmo tempo, reconhecer uma comissão ao último.

Os programas de afiliados disponíveis na Internet são muitos, para todos os gostos e em todos os setores de produtos.

Nesse tipo de monetização de sites, a dica é certamente não se inscrever em cada programa, mas selecionar os que melhor se adequa ao seu público-alvo e conteúdo.

O segredo do sucesso do marketing de afiliados está justamente em divulgar os produtos/serviços do franqueador de maneira natural e dentro de um contexto semelhante ao tipo de conteúdo e destino.

O programa de afiliados da Amazon está entre os melhores do gênero, pois no famoso site de compras online você pode encontrar milhares de produtos e, certamente de acordo com o tópico abordado no seu site.

Monetização de sites com artigos patrocinados

Esse método de monetização também faz parte da publicidade. A ideia, basicamente, é escrever e publicar conteúdo editorial (um artigo, um vídeo etc.) no site em nome de um anunciante disposto a pagar por esse tipo de serviço.

Por exemplo, uma empresa de alimentos pode estar disposta a pagar por um artigo que descreva as propriedades e características de seu produto. Ao fazer esse tipo de monetização de sites, a vantagem é dupla: o site é enriquecido com conteúdo interessante e, ao mesmo tempo, você é pago por ter escrito e publicado.

Também neste caso, assim como para programas afiliados, é crucial que exista uma forte afinidade de conteúdo entre o site e os produtos/serviços do anunciante.

Monetização de sites vendendo produtos ou serviços

Adicionar um e-commerce ao site é uma estratégia de monetização de sites eficaz se o “tráfego de usuários” se converter em “tráfego de compradores”.

É bom especificar que nem todos os sites têm a possibilidade de direcionar seus usuários para a compra; isso depende mais uma vez do conteúdo do site e de seu público-alvo.

Normalmente, quanto mais for específico o “nicho”, maiores serão as chances de um e-commerce ser bem-sucedido (desde que, é claro, você tenha algo para vender).

Muitos sites editoriais estão integrando um comércio eletrônico em seu site, para aproveitar ao máximo seu tráfego, vendendo produtos como camisetas, chapéus ou copos de marca.

Venda direta de espaço publicitário

A venda direta de espaço publicitário é outra solução a ser considerada para monetização de sites. Essa prática é recomendada para sites que já possuem um bom tráfego em termos de visualizações e são conhecidos em seu setor. Para vender seus espaços, você tem duas soluções disponíveis.

– Criar anúncios visuais: insira anúncios nas posições que você pretende “alugar” para alertar seu público sobre essa possibilidade, indicando um contato para entrar em contato para obter informações e possivelmente uma estimativa de custo.

– Entrar em contato: permita que as partes interessadas proponham diretamente a compra do seu espaço publicitário. Você pode criar uma página do seu site dedicada à publicidade, para indicar informações básicas e detalhes de contato. Dessa forma, você poderá otimizar todos os espaços do seu site e gerar receita com outras soluções (por exemplo, banners do Google AdSense), mesmo quando ninguém estiver interessado em comprar publicidade direta.

Você deve saber que pode adotar esta solução, mesmo que seu site não tenha um número alto de visualizações. Se o site é especializado em um determinado setor e seu nome já é conhecido no ambiente, você pode obter bons lucros com as vendas diretas de publicidade.

Crie cursos ou eventos

Em alguns casos, uma maneira de monetização de sites pode ser a promoção de eventos ou webinarios em parceria com os organizadores.

Esse tipo de abordagem pode ser muito válido em setores em que é necessário treinamento contínuo para se manter conectado a notícias e tendências, como o setor de marketing digital.

Esse tipo de estratégia é extremamente eficaz para sites que presidem os “setores do conhecimento”. Os sites que oferecem guias técnicos, tutoriais e artigos especializados são os candidatos ideais para colocar esse tipo de estratégia em prática.

É possível, de fato, que o tipo de público que os visite possa estar interessado em oportunidades de estudos e reuniões com especialistas da setor e, consequentemente, pode estar disposto a arcar com os custos de qualquer viagem, taxa de participação e ingresso.

Aceitar doações de visitantes

Você não tem muitas visitas mensais, mas você tem uma comunidade forte e comprometida? Peça aos seus leitores para doar! Aceitar doações únicas não é um caminho rápido para a riqueza, mas pode ajudá-lo a cobrir as despesas de curto prazo se as pessoas gostarem do que você tem a dizer e quiserem apoiar suas ideias.

Monetizar o site vendendo-o

Você também pode tentar criar seu site e vendê-lo para outra pessoa por um montante fixo; muitos empresários estão procurando sites com fluxos de visitantes estáveis ​​que possam ser aproveitados para seus próprios fins.

Para vender um site certo, no entanto, não é possível simplesmente colocar o WordPress em um domínio existente, cobrá-lo como potencial e depois vendê-lo um dia, você deve transformá-lo em um investimento útil. Isso significa criar um bom conteúdo e aumentar o tráfego para o seu site.

Por que é tão importante monetizar o site?

A execução de um projeto online sempre tem um custo. Quer você o quantifique em tempo ou em dinheiro, pequenas mudanças, o custo está aí.

Criar um site capaz de gerar tráfego requer esforço e muito, muito tempo de seu criador.

Além disso, se o criador do site não for um especialista em publicação na web, será necessário contar com profissionais externos (webmasters, web designers e etc.) e arcar com o custo relativo.

Sem mencionar os custos promocionais (estratégias de SEO, marketing de rede social, campanhas e etc.). Em resumo, criar um site de sucesso tem um custo e esse custo sempre precisará ser reembolsado.

Por esse motivo, todos os projetos da Web, mais cedo ou mais tarde, terão que enfrentar o problema de como monetizar seu site, porque ninguém pode se dar ao luxo de trabalhar sem receber nada em troca!


caio nogueiraCaio Nogueira é cofundador da UpSites, uma agência de criação de sites, apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que conectem pessoas e objetivos.

Espaço Exclusivo para Empreendedores transmitirem conhecimento, desafios e experiências sobre aceleração, captação de investimentos, planejamento de marketing, escalabilidade, feiras e missões comerciais, internacionalização; know how sobre modelagem de negócios, mentoria, MVP, pivotagem, relação com investidores, com sócios, com clientes…e muito mais!

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.