O Linkedin é uma ferramenta ainda pouco explorada pelos brasileiros. Em relatório do início deste ano, a empresa que procura ser uma rede social para contratação e busca de empregos afirmou que 99,7% dos usuários brasileiros da plataforma a usam para outro motivo que não o de busca de empregos. Outro destaque é para o fato de que 80% pretende aumentar o uso da plataforma.

Pensando nesse potencial no país, a plataforma chamou dez especialistas de diversas empresas (inclusive o Linkedin) para darem dicas de marketing na plataforma.

Veja abaixo o perfil do usuário brasileiro do site e as dicas dos especialistas para otimizar seu uso.