A Anatel divulgou, nessa quinta-feira, 27,  os números de linhas móveis no Brasil referentes ao final do mês de fevereiro. Como de costume, os índices continuam a aumentar. Há boas notícias (as linhas continuam a crescer) e más notícias (a penetração do 3G ainda é pequena, e do 4G minúscula) para quem quer trabalhar com celulares no país. Veja alguns destaques:

  • No final de fevereiro, o Brasil tinha 272,72 milhões de linhas ativas na telefonia móvel;
  • Com isso, o país atingiu a teledensidade de 134,97 acessos a cada 100 habitantes;
  • O mês de fevereiro representou uma acréscimo de 370,02 mil linhas à soma.
  • Durante o mês, os acessos pré-pagos representavam 77,77% (212,09 milhões) das assinaturas.
  • Já entre o número de acessos com banda larga chegou a 110,19 milhões – sendo que apenas 1,82 milhão era com terminal 4G.
  • O 3G chegou a 37,18% de participação de mercado, com 101,407 milhões de acessos ativos.
  • A conexão GSM foi líder, com 56,48% ou 154,033 milhões de acessos ativos.
  • A Vivo ainda é líder de mercado, com 28,62% dele. Na sequência vêm Tim (27%), Claro (25,28%), Oi (18,47%), Algar (CTBC), com 0,38%, Nextel (0,19%), Portoseguro (0,04%) e (0,02%)