99jobs. 99taxis. 99canvas. 99designs. 99motos. 99problems…but a bitch ain’t one, como já diria o célebre rapper Jay-Z.

A pergunta do título desta matéria é uma curiosidade que sempre tive. Afinal de contas, o que há de tão especial no número 99 para ele estar no nome de tantas startups? Além das supracitadas, em uma busca rápida no AngelsList é possível encontrar 55 batizadas sob a luz do duplo nove. Na esperança de encontrar uma resposta universal, enviei emails perguntando o motivo do número no nome de algumas startups com o 99.

Surpreendentemente, não há um motivo-padrão para o uso do número. Algumas das respostas até contemplam razões em comum, mas, basicamente, cada startup viu diferentes e curiosas explicaçõess para utilizarem o 99.

A 99jobs, por exemplo, diz que quando usuário entra e utiliza os filtros de busca corretamente, eles mostram as oportunidades mais aderentes, em ordem decrescente, a partir de 99% de compatibilidade. Ele chamam tal algoritmo de 99Match, o que inspirou o nome da empresa, como conta Bárbara Teles, Employer Managment da companhia.

É diferente do caso da escola de empreendedorismo e inovação 99canvas. Cassiano Farani, fundador da empresa, conta: “Cheguei a ele em um bate papo. Todos concordamos que juntar número e letras era algo que fazia total sentido para o tipo de trabalho que queríamos fazer : potencializar empresas de todos os segmentos através das melhores práticas em empreendedorismo do mundo. Acho que o número 9 dá essa dimensão. Aqui na 99Canvas nossa ideia foi disseminar que o Canvas nota 100, o melhor de todos, o modelo de negócios vencedor, era o do aluno, ou seja, o próximo”.

Já no caso da 99designs foi totalmente diferente. “Quando a empresa estava saindo de dentro da Sitepoint para se tornar uma estrutura independente, os fundadores viram que a média de designs enviados para os concursos era de 90 e muitos. Para dar ideia de quantidade de designs recebidos nos concursos, um dos maiores diferenciais do modelo, elegeram o numeral ’99’ para anteceder a palavra designs”, como conta Dan Strougo, country manager da 99designs no Brasil.

Por fim, a 99motos. Segundo Jhonata Ramos, fundador da startup, eles chegaram ao nome porque cobram 99 centavos por ponto (aproximadamente 10km) que o motoboy faz.

99

As razões em comum

Dos entrevistados, o único que não contou uma historinha específica foi Paulo Veras, fundador da 99taxis. No entanto, Veras indicou razões abrangentes e universais para apostar no 99, que também aparecerem nas outras respostas das startups que apostarem no número. São elas:

– É fácil de lembrar
– É universal, funciona em qualquer idioma
– Na ordem alfabética vem na frente das letras então costuma aparecer no topo das listas
– Ë mais fácil registrar marca e domínios

Eduardo Migliano, fundador da 99Jobs, citou outros motivos abrangentes e interessantes para o uso do duplo nove:

– Nome Internacional. Esse é um nome que dependendo da palavra que você usar pode ser útil no mundo inteiro, e quem não começa uma startup sonhando que um dia ela vai ser um sucesso mundial?

– SEO otimizado – O número permite que você coloque uma palavra chave que remete muito ao seu negócio dentro do seu domínio, o que possibilita que você tenha um ranking de SEO otimizado.

– É realmente muito muito fácil de lembrar. Por ter um número que hoje está associado a praticamente todas as estratégias de preço de produtos no mercado (299,99, 19,99). E também por ter uma palavra que remete rápido ao core do seu negócio (taxi, jobs, design). Isso nos gerou um brand awareness inestimável.

Migliano ainda acredita que o 99 é um numero cabalístico, que trouxe muita sorte e ajudou muito sua empresa, que antes se chamava Open The Job. “Em 2012 mudamos para 99jobs por outros 99 motivos e o novo nome é infinitamente mais lembrado do que antigamente.