Interessante, essa iniciativa da Nuvem Shop: essa plataforma de e-commerce voltada para pequenos e médios empreendedores está promovendo a competição Empreendendo na Nuvem, que premiará uma nova loja on-line que vender mais em um período de dois meses, dentro de um espaço total de oito meses de participação.

Segundo eles me informaram, dos R$ 185 mil destinados ao prêmio, R$ 50 mil serão dados em valor líquido, R$ 100 mil como aporte do fundo Trindade Investimentos no ganhador e outros R$ 35 mil em serviços para o e-commerce – consultoria jurídica, e-mail marketing, logística, entre outros.

Ao ganhador também estão garantidas mentorias do universo e-commerce, sob chancela de Pedro Chiamulera, Igor Senra e Andre Beisert, respectivamente fundadores e CEOs da Clear Sale, Moip e Olook.

O objetivo da competição é incentivar empresários a trazerem seu negócio para o mundo web. Participantes criarão suas lojas virtuais dentro do ambiente da Nuvem Shop e ganharão treinamentos via Universidade do Ecommerce, que mantém palestras on-line e artigos, além de suporte dado pela própria promotora da competição.

“Os participantes, assim como todos que estão conosco, receberão suporte em todas as questões relacionadas ao comércio online de modo que, sem complicações, suas estratégias e desempenho tornem-se bem-sucedidos,” explica Santiago Sosa, CEO da Nuvem Shop.

Como participar

O empreendedor deve se cadastrar no site da Nuvem Shop e abrir uma loja virtual. A inscrição é gratuita. A competição é voltada para empreendedores que estão começando com o seu negócio e para lojistas que já tenham uma loja física, e queiram partir para novos desafios on-line. Não são necessários conhecimentos técnicos específicos, e não há restrição de setores e localidades dentro do Brasil.

As inscrições estarão abertas até 31 de janeiro de 2014 e, embora a competição tenha iniciado em agosto, todos os participantes poderão se cadastrar a qualquer momento.

A competição se encerra em 31 de março de 2014 – a loja que contabilizar o maior faturamento de vendas num período de dois meses – não necessariamente consecutivos – será a vencedora. Por exemplo: se o lojista obtiver mais vendas em agosto e dezembro, serão estes os meses contabilizados pela Nuvem Shop.