De que maneira se pode ter pessoas engajadas, produtivas e, sobretudo, felizes no trabalho? A tecnologia é uma parte do problema – e em que medida pode ser parte da solução?

Bom, The RSA é um dos meus canais favoritos do YouTube – provavelmente de muitos de vocês que leem o Startupi também. E são esses questionamentos mencionados logo acima que movem o novo vídeo produzido por eles.

Acho que é um conteúdo extremamente interessante para todos pelo fato de pôr as cartas na mesa e discutir as maneiras de reinvenção das relações entre trabalho e produtividade na era da revolução digital.

Quem foi chamado para responder às questões foi o diretor de inovação da Microsoft, Dave Coplin. O argumento dele é o seguinte: estamos ultraconectados em casa com nossos poderosos dispositivos e compartilhamentos, com a tecnologia aumentando nosso poder e capacidade de decisões.

Isso não se repete, no entanto, no local de trabalho – onde o patamar ainda está em mediocridade, porque o foco está nos processos e não nos resultados, sem olhar para o panorama maior sob o poder da mudança tecnológica e social. Enxergar esse todo, por consequência, transformaria a maneira como fazemos negócios.

Coplin pergunta: o que é preciso mudar nas mentalidades para abraçar o todo e fortalecer o potencial da tecnologia, entrando num reino verdadeiramente aberto, colaborativo e flexível de trabalho? O vídeo ainda não tem legendas, infelizmente – ele fala rapidinho, portanto, é bom estar com o inglês afiado – mas vale muito a pena assistir.