O comércio eletrônico pelo Instagram é o mote principal da Arco, startup lançada em agosto e que torna viável a venda de produtos e a compra com um comentário, a partir da ligação da conta na rede social com uma de Paypal.

A ideia, segundo eles contaram em comunicado, é facilitar as transações on-line e mudar a maneira como as pessoas interagem com as suas mídias sociais favoritas. A ideia é, posteriormente, ampliar a atuação para outras redes, como Pinterest e Facebook.

Mesmo operando em fase beta, o site já conta com uma carta de clientes considerável, como o Grupo Vegas, um conglomerado de casas noturnas e bares em São Paulo (Cine Joia, Yatch, Z Carniceria, Volt) e a marca de sapatos Juliana Bicudo. Basta conferir os cases no perfil da Arco no Instagram.

Por ora, apenas o cadastro para compradores está liberado – os vendedores terão que esperar mais um pouco, mas, se houver interesse, você encontra as informações e contatos no site da Arco. A rentabilidade da plataforma é obtida a partir de um percentual sobre a venda: 5,5% do negócio que esteja concluído. Compradores não têm que arcar com nenhuma taxa.

As cofundadoras do site são as jornalistas Diana Assennato e Luciana Obniski, além da estilista e trend hunter Camilla Barella. A empresa Jurema assina o design e o desenvolvimento da plataforma.