A Anjos do Brasil* realizou nesta semana, em São Paulo, o 1º Congresso Anjos do Brasil e uma das grandes questões levantadas ao palco foi a questão do estímulo das políticas públicas ao investimento anjo no país. Um painel bem divertido, mediado pelo advogado Rodrigo Menezes, colocou o tópico para ser discutido por atores importantes como o BNDES, o Startup Brasil (do Ministério da Ciência e Tecnologia), o MDIC (Ministério do Desenvolvimento) e a Apex Brasil (entidade responsável pela internacionalização de negócios brasileiros).

Inicialmente, cada representante presente falou sobre o que sua entidade fazia para estimular esse tipo de investimento. Depois, Rodrigo fez uma provocação interessante e pediu que eles dissessem o que sua entidade ainda não faz.

Veja o painel na íntegra (peço a compreensão de todos porque, como o debate foi longo, meu celular me obrigou a dividir o vídeo em duas partes):


Leia mais sobre o congresso:

*A Anjos do Brasil faz parte da nova estratégia do Startupi; leia mais aqui

Foto: Christoph Diewald