O governo de Hong Kong quer atrair pra lá empreendedores e startups talentosos, e o Brasil está no mapa de divulgação do projeto, que promete dar até US$ 300 mil em benefícios para as empresas ganhadoras (“em benefícios” não quer dizer, necessariamente, em dinheiro). O programa está sendo organizado pelo InvestHK, o departamento do governo de Hong Kong responsável por investimentos estrangeiros diretos no local (veja mais aqui).

Conversei com Danilo Hartfiel, do próprio InvestHK, que disse que a ideia do programa é atrair empreendedores locais ou estrangeiros, interessados em instalar ou expandir seus negócios para Hong Kong. As inscrições, que devem ser feitas pelos fundadores, já estão abertas e podem ser entregues até o dia 26 de agosto (veja aqui o site oficial).

Segundo o site do projeto, os critérios para inscrição são os seguintes:

  • Ter mais de 18 anos (o fundador);
  • Ter um negócio inovador, escalável e sustentável;
  • Estar em estágio inicial de crescimento;
  • Ter a vontade de desenvolver um negócio global, com presença em Hong Kong ou interesse em estabelecer um escritório no local nos próximos anos;
  • Demonstrar impacto social, econômico ou ambiental positivo.

O programa funcionará como uma competição global e escolherá 12 finalistas para passar uma semana em Hong Kong, em dezembro de 2013. Segundo um comunicado divulgado, essa turma seleta de empresas escolhidas terá acesso a possíveis parceiros de negócios,  capital, conhecimento do mercado e oportunidades de marketing. “Eles também vão competir por prêmios como aconselhamento gratuito, contabilidade, advogados, design e serviços de branding”, diz o texto. Um espaço para trabalho será disponibilizado pelos patrocinadores do projeto.

Nesta semana em Hong Kong, os 12 finalistas farão seus pitches para um painel de jurados e seis deles serão escolhidos para competir por três “Grand Awards”, que são os benefícios em até US$ 300 mil.

O Danilo enviou para mim um pequeno flyer de divulgação do projeto e compartilho com vocês:

Compartilho com vocês, também, um documento mais detalhado sobre o programa:

Foto: Steve Webel