É sempre interessante acompanhar o impacto que um aporte pode (ou não) causar em uma empresa. A Bebê Store, por exemplo, anunciou em março que havia recebido R$ 20 milhões dos fundos W7 Brazil Capital e Atomico. Agora, eles começam a divulgar para onde esse investimento está sendo destinado.

A loja de produtos infantis afirmou que investiu R$ 2 milhões para inaugurar uma nova sede, em Barueri (SP), que agora será mais integrada com o seu centro de distribuição. A ideia, diz a varejista, é aumentar a capacidade e velocidade das operações, além de aumentar a eficiência.

“A ampliação do armazém da loja irá permitir mais do que triplicar seu processamento de pedidos, passando de 30 mil para 100 mil encomendas por mês”, diz comunicado divulgado pela companhia. “Esta é a quarta expansão que realizamos para continuar aprimorando nossos serviços e atendermos com qualidade o grande crescimento de demanda que temos registrado nos últimos meses”, afirma Leonardo Simão, CEO da Bebê Store, fundada em dezembro de 2009. A empresa faz parte do grupo BB Box, criado por Leonardo e Juliana Della Nina. O BB Box inclui também outras três lojas online mais segmentadas: a Toy Store, de brinquedos, a Mommy Store, para mães e gestantes, e a Kids Store, voltada para moda infantil.

A startup (que talvez não seja mais tão startup assim) também anunciou que reformulou o seu site, que ganharam um novo layout e sistema.

Mais da Bebê Store no Startupi:

Foto: Sergiu Bacioiu