O grande desafio do Binca, novo e-commerce que faz a venda online de brinquedos, é provar para seus consumidores que dá para ter uma experiência gostosa de comprar presentes para as crianças fora das lojas físicas convencionais –além de competir com as grandes varejistas.

“Oferecemos atendimento, experiência de compra, descrição do produto e frete grátis. Além disso, a embalagem que o brinquedo vai é ‘mais um brinquedo’, já que todos os produtos são embalados em um papel de presente que dá pra colorir”, conta André Akagi, sócio e cofundador da empresa.

A companhia também busca se diferenciar na avaliação dos produtos, que “são baseadas em eeeeeeeee’s, que indicam o quanto a criança se divertiu e ficou entretida com o brinquedo.” Eles afirmam tentar se diferenciar das grandes varejistas, que também têm presença online, com serviços complementares e informações específicas sobre os brinquedos, que antes só poderiam ser vistas com a abertura da caixa.

Sem investimento externo, André e Guilherme Dias lançaram a empresa na cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A empresa tem, atualmente, seis funcionários e mantém seu centro de distribuição na cidade-sede. “Mas estamos mudando o nosso centro para São Paulo no próximo mês, que ficará a cargo de uma logística especializada”, conta André, com quem conversei. Ele afirma que a Binca já faz entregas a todo o Brasil e pretende dobrar a quantidade de itens disponíveis com a mudança para São Paulo.

Foto: JD Hancock