Sexta-feira à noite estive em um auditório da Fiap, em São Paulo, para avaliar as apresentações da startups que concorriam na etapa local do projeto Startup World. Conforme a organizadora Hermione Way, fui super rígido nas perguntas, catando agulha no palheiro. Ao final, quem venceu foi o QMágico, startup educacional que eu já tinha avaliado em dezembro, quando foi um dos vencedores do programa Bota Pra Fazer. Aproveitei para entrevistar o pessoal da StayFilm, que estava por lá, e fui embora no mesmo elevador que outros empreendedores.

Foi aí que começamos a discutir sobre a origem do elevator pitch e foi bastante natural que a gente “brincasse de pitch” no elevador. O cobaia foi Rodrigo Prior, co-fundador da startup de decoração e design de ambientes Decora.me.

A proposta deste vídeo não é ser uma grande produção de Valleywood, nem exatamente a melhor defesa que este projeto poderia ter, mas não deixa de ser uma experiência bem real.

Assista e você nunca mais vai andar de elevador do mesmo jeito ;)