Há meses venho conversando com o empreendedor suíço Nicolas Gautier, que já morou em diversos lugares do mundo e trocou Londres por São Paulo para atuar como investidor pela operação chamada de Mountain do Brasil (ligada à Mountain Partners Super Angels) juntamente com os sócios Jörg Arntz e Cornelius Boersch. O primeiro fruto da operação, a incubadora Incubras, mantém em beta privado a startup Já Na Mesa, que se baseia no conceito da Lieferando e entra em operação após o carnaval.

Todos e cada um tem seu valor, mas não podemos deixar de destacar o alemão Cornelius Boersch (na foto), que como empreendedor já fez IPO, já foi eleito Empreendedor do Ano (em 200) pelos Clubes Harvard da Alemanha e também Business Angel do Ano (2009) pela entidade européia EBAN.

Além disso, Cornelius – que prefere ser chamado de Conny  – atuou como investidor anjo da Alando, primeira startup dos irmãos Samwer, que depois constituíram a incubadora Rocket Internet. Mas o principal é que, além de 120 empresas no portfolio (composto basicamente de startups de Internet na Europa, Ásia e Oriente Médio) e mais de 200 que já receberam algum auxílio, agora Cornelius volta ao Brasil, onde já teve negócios e onde acredita que vai encontrar outros para se associar.

O modelo da Mountain do Brasil vai ser parecido com a Taishan Invest, que eles tocam com sucesso na China. “Estamos lançando mais dois negócios nos próximos três meses e estamos procurando diversos empreendedores, marketeiros, codeiros (programadores), vendedores, entre outros jovens talentosos que queiram trabalhar com um time jovem porém já bastante experiente”, chama Nicolas – que prefere ser chamado de Nic.

Veja a bio de Cornelius Boersch. Veja a bio de Niclas Gautier.

 

http://www.cornelius-boersch.de/

https://twitter.com/#!/cboersch