Presentes, festas, férias, promoções, prazos, parcelas, contas a pagar. Décimo-terceiro, férias, salário, bônus, PPR, PPL, contas a receber. Para que ficar decorando datas e valores? Para que manter tabelas presas dentro de máquinas no escritório ou em casa?

Além dessas perguntas, fiz outras a mim mesmo (como segurança, privacidade e valores agregados) antes de testar o serviço web Organizze. Estou usando e gostando.

O Organizze roda em um domínio seguro https. “Todas as informações trafegam criptografadas, como nos bancos”, afirma Luiz Felipe Luz, um dos responsáveis pelo serviço. Significa que a plataforma disfarça os números e letras, que só podem ser visualizados quando o próprio usuário estiver logado.

ɉ, o serviço Organizze é baseado em um perfil pessoal – em que o usuário pode mas tecnicamente não precisaria se identificar corretamente. Digamos, você poderia abrir um email sem o seu nome especialmente para usar este serviço, mas não precisa dessa preocupação.

Uma vez logado, o usuário pode facilmente:

  • Fazer o lançamento de receitas e despesas.
  • Incluir movimentações que se repetem.
  • Adicionar categorias personalizadas – “gastos com Internet”, “viagens”, “happy hours”, etc.
  • Ser lembrado por email sobre despesas vencidas – ou as que vão vencer!
  • Ver relatórios detalhados.
  • Imprimir suas movimentações e relatórios.

Para um empreendedor, nada mais necessário do que estes serviços – muito mais globais do que os oferecidos por bancos, pois o Organizze não se vincula a contratos bancários. E o serviço é gratuito e pode ser usado diretamente em qualquer navegador – bastando um login com senha.

Muito mais fácil do que Excel e muito mis amigável do que extrato bancário!

Acompanhe a Organizze no Twitter.