Imagine um MBA cujo acesso é gratuito e cujas aulas você pode acompanhar da maneira que quiser, no seu ritmo (acho que o meu seria numa praia com o iPad em uma mão e um drinque de guarda-chuvinha na outra). Você só teria que pagar caso fosse imprescindível ter o certificado dessa formação e, dentro do segmento de MBA, é até um valor módico: R$ 6.642.

Pois é: aqui no Brasil isso já existe desde ontem, quando o pessoal da Veduca, startup de tecnologia da educação cujo propósito é democratizar o ensino superior de alta qualidade, lançou o primeiro MBA on-line aberto do mundo em Engenharia e Inovação.

Todo conteúdo em videoaulas estará aberto e gratuito para qualquer internauta a partir de 5 de novembro – basta ser cadastrado no site da Veduca. Professores das melhores universidades de engenharia do Brasil serão responsáveis pelo conteúdo programático: Marly Monteiro de Carvalho, Erik Rego e Mario Salerno (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo), Daniel Capaldo Amaral, João Fernando Gomes de Oliveira e Henrique Rozenfeld (Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo) e Paulo Augusto Cauchick Miguel (Universidade Federal de Santa Catarina).

As aulas são gratuitas, porém, é possível obter o certificado validado pelo Ministério da Educação, pagando o valor que eu mencionei no primeiro parágrafo. O programa de certificação inclui 360 horas-aula e a exigência de apresentação presencial de um trabalho de conclusão de curso em 200 polos espalhados pelo Brasil (o parceiro no programa de certificação é o Grupo SEB).

Eu estive lá e fiz um registro de quase meia hora do que eles contaram. Não deixe de conferir – é muito bacana mesmo. Também disponibilizo, abaixo, o vídeo inaugural oficial do MBA (adorei porque é francamente inspirado no The RSA, meu canal mais do que favorito no YouTube).