O Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo) anunciou a criação da primeira escola gratuita de empreendedorismo do Brasil.

Em comunicado, o Sebrae informa que as inscrições para o processo seletivo já começam na primeira semana de outubro.

Chamada de Escola de Negócios Sebrae-SP, a iniciativa inédita irá formar e capacitar gratuitamente futuros e atuais empreendedores por meio do ensino técnico e tecnológico, nas áreas de administração, gestão, logística e marketing.

O projeto prevê, além da escola sede na capital, a implementação de uma rede profissionalizante em todo o Estado e um sistema de ensino a distância em meados de 2014.

O projeto é uma parceria da entidade com o Centro Paula Souza, autarquia do Governo do Estado de São Paulo, responsável pelas escolas técnicas (Etecs) e faculdades de tecnologia (Fatecs).

“Para ter uma verdadeira Escola de Negócios modelo reunimos o conhecimento, a credibilidade e a experiência das valorosas e reconhecidas equipes do Sebrae-SP e do Centro Paula Souza”, afirma Alencar Burti, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-SP. “Certamente será um marco para a construção de uma sociedade do conhecimento não só de São Paulo, mas do Brasil”, enfatiza.

A entidade informa que, em seus 10 mil m² no bairro paulistano de Campos Elíseos, a Escola de Negócios abrigará o Sebrae-LAB, espaço destinado a apoiar a aprendizagem do aluno e incentivar o surgimento de novos negócios criativos e inovadores.

Composto por quatro processos complementares – Núcleo de Atendimento, Biblioteca Especializada, Espaço Criativo e Hotel de Ideias -, o Sebrae-LAB tem o objetivo de proporcionar uma experiência de aprendizagem que agregue os conhecimentos práticos de gestão de negócios aos conceitos teóricos da sala de aula.

Escola de Negócios 2(Na foto, da esquerda à direita: Alencar Burti, presidente do Conselho Deliberativo e Bruno Caetano, diretor superintendente, posam diante do prédio da nova escola; créditos Divulgação)