Ótimo! Só faltou assumir a atualidade, acrescentando os temas negócios sociais e inovação: a letrinha a mais do Ministério de Ciências, Tecnologia e Inovação (MCTI), órgão que criou, batizou e promove a iniciativa. Longe de ser um “contrarian” de plantão, creio que a semana pode ter um forte impacto moral e prático em todo Brasil, ou melhor, em todos os Brasis do Brasil, especialmente naqueles onde o Século XX tarda a chegar e o XXI.

A meu ver, é justamente a tônica em inovar e em criar negócios sociais que pode fazer vingarem esses assuntos  de sustentabilidade, economia verde e erradicação da pobreza. Não nos falta aceitar que esses assuntos são importantes, nos falta saber como aplicar na economia real do dia-a-dia novas práticas e produtos alinhados com isso. Reforço: é inovação e negócios sociais quem pode sinalizar os caminhos.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) acontece no Brasil desde 2004. Ela tem tido um êxito grande com uma participação crescente de pessoas, instituições de pesquisa e ensino e municípios. Em 2011, foram realizadas cerca de 16.000 atividades, em 654 municípios brasileiros. Vejam no site quais entidades vão realizar quais atividades em seu estado. Por sorte (digo, esforço), em alguns estados haverá atividades envolvendo as temáticas de startups. Maravilha, hein! Infelizmente, nas seções de “downloads” e “editais” no site da Semana, só há materiais sobre coisas verdes, não sobre negócios ou inovação.

Eu ia postar aqui o vídeo que o MCTI preparou, mas eles cuidaram tecnologicamente para que isso fosse impossível. A justificativa deve passar por compliance e governança, mas também deve ser difícil superar uma mentalidade do tipo “vamos fazer com que todo mundo se envolva na Semana, só não pode compartilhar o vídeo em outros sites”. Este Século XXI em que vivemosão diferentes tempos em diferentes lugares.

Empreendedores inovadores e facilitadores de mídias sociais: MUITO OBRIGADO por me deixarem mal acostumado a tudo que vocês fazem de simples e avançado! A Semana da Inovação é sobre vocês, é de vocês, vai depender do que vocês fizerem. Do que a gente fizer! O país é nosso e a inovação está conosco, vamos compartilhar.