A Diretora de Alianças do programa de estímulo ao empreendedorismo Start-up Chile, Carolina Rossi  (@carorossi), veio ao Brasil para disseminar o programa e entender por que tão poucos brasileiros se inscrevem. Ela vai se reunir com empreendedores, universidades e empresas para esclarecer dúvidas quanto ao programa, que está com vagas abertas.

A profissional estará dois eventos abertos ao público (com inscrições prévias) em Campinas e Belo Horizonte, onde terá a participação de empreendedores que já participaram do programa de incubação. Ela quer ver o que o Brasil tem a desenvolver no quesito startups e através de networking conectar as empresas com startups de dentro do processo de incubação, formando assim uma teia de conhecimento, oferta e procura de soluções.

Dentre os benefícios do programa Startup Chile, estão:

  • USD 40 mil, sem contrapartida em participação societária
  • visto de 1 ano de trabalho no Chile
  • contato com empresas locais.

As inscrições para concorrer a uma das vagas estão abertas até 10 de julho. Veja informações sobre o procedimento.

Sobre o evento em Campinas, promovido pela Campinas Startups:

  • Terça dia 12/06
  • 18:00
  • Av. Dr. Romeu Tórtima, 240, sala 6, Barão São Geraldo
  • Valor: 10,00
  • Link para inscrição: http://bit.ly/LnB2iY

Sobre o evento em Belo Horizonte:

  • Quarta dia 13/06
  • 19:00
  • Bar Salomé – Rua Passatempo 335, Sion
  • Valor: 25,00 (consumação)
  • Inscrição pro evento: http://bit.ly/NKNUnp

Dentre as startups que participaram do programa, estarão presentes:

Para o fundador da plataforma de entrevistas de emprego online JobConvo, Ronaldo Bahia, a participação no programa chileno foi como um PhD. “Quando desembarquei no Chile em 4 de julho de 2011, eu mal entendia de Internet”, relembra. O ambiente colaborativo é um dos pontos altos para ele. “Quando se precisa de ajuda, você olha pro lado e pede, e as pessoas te ajudam”. Além disso, o primeiro cliente da startup de Ronaldo foi uma empresa de recrutamento chilena.