Sites divulgaram que o novo MTC, primeiro no Brasil e inaugurado em São Paulo esta semana, seria uma iniciativa da Microsoft para apoiar startups. Informações oficiais corrigem: não tem a ver diretamente.

Questionei a assessoria de imprensa oficial, que explicou: “na mesma ocasião foi assinado um protocolo de intenções que diz respeito diretamente a esse público, mas não tem relação direta com o MTC”. Outra fonte que ouvimos, gestora na Microsoft, afirma que o centro serve como showcase de soluções para público corporativo.

Até onde o MTC tem a ver com startups:

  • startups parceiras da Microsoft que desenvolverem soluções de muito destaque também poderão ser demonstradas pelos visitantes do MTC (o que não significa que o MTC é um lugar para startups, mas sim um lugar para soluções extraordinárias que rodam Microsoft);
  • aproveitando a inauguração do MTC, foi assinada uma carta de intenções entre a Microsoft e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) para instalação de aceleradoras de startups no país – não no MTC;
  • o press release oficial cita ainda o BizSpark, mas esquece de mencionar os mais de 20 Microsoft Innovation Centers (MICs) espalhados pelo país (tanto em universidades quanto em algumas empresas de software). A empresa e a assessoria de imprensa também não mencionam a relação entre o MTC, os MICs e as aceleradoras anunciadas;
  • a Microsoft vai anunciar em primeira mão durante o Startupi Camp uma verdadeira novidade para startups e MPEs de serviços web.

Ou seja

Startup só vai demonstrar solução no MTC se fizer coisa que a Microsoft não faz, mas não é qualquer site ou aplicativo – nem prioridade do MTC!

Confira o press release oficial

“A Microsoft anuncia a inauguração no Brasil do maior Microsoft Technology Center (MTC) da América Latina. O MTC, que já é referência mundial de inovação em 17 países, permite a organizações, parceiros e clientes ter uma noção exata de como a tecnologia pode ser aplicada às suas necessidades e ainda mensurar seu impacto real.

Em seus 1300 m2, as organizações poderão desfrutar de ambientes de desenvolvimento e implementação, centros interativos nos quais será possível degustar as mais recentes tecnologias e interagir com soluções de interface natural, além de laboratórios de soluções de indústria e salas multitarefas. O Envisioning Center é uma das principais experiências, pois se trata de um espaço que permite visualizar, por meio de cenários customizados, como o portfólio de soluções da Microsoft suporta e viabiliza as estratégias das organizações, permitindo que realizem todo o seu potencial.

Com 700 terabytes de capacidade de armazenamento em um datacenter com 360 processadores, o MTC dá acesso às tecnologias mais recentes da Microsoft e até mesmo às futuras, ainda em versão beta. No MTC, localizado em São Paulo, toda infraestrutura conta com a colaboração de 15 parceiros – AMD, Brocade, Dell, EMC, Emerson, Emulex, HP, Intel, Jabra, NetApp, Nokia, Panduit, Polycom, Schneider e SMART – que vêem nele uma oportunidade para demonstrar suas soluções integradas com a plataforma Microsoft.

O MTC combina o melhor da tecnologia e do conhecimento da Microsoft às soluções de seus parceiros. Deste modo é possível idealizar, planejar, desenvolver, implementar, operar e otimizar soluções inovadoras de tecnologia, testando os resultados em um ambiente que traduz a realidade das organizações. Ou seja, ele oferece a possibilidade de entidades dos mais variados setores testarem a gestão de suas plataformas e a interoperabilidade de seus recursos; realizarem provas de conceito; e verem como a nuvem pode ser utilizada para reduzir custos e consumo de energia.  

Dentre as várias possibilidades de experiência no MTC, os usuários podem desde realizar briefings estratégicos com uma equipe especializada, até desenhar arquiteturas de negócios e testar o resultado das implementações. A definição do escopo dos projetos fica mais palpável, as soluções são confeccionadas sob medida e a transferência de tecnologia ocorre de forma planejada.

Impacto na sociedade

Está prevista ainda a utilização do MTC por ONGs, estudantes e empreendedores que participam dos projetos da Microsoft, tais como o BizSpark – programa de apoio ao empreendedorismo – e a Imagine Cup – Copa do Mundo da Computação. Eles poderão utilizar as tecnologias de ponta da Microsoft para desenvolver soluções ainda mais inovadoras e as que tiverem sido premiadas na Imagine Cup, assim como as soluções de destaque das startups ficarão disponíveis para que as mais variadas entidades as possam experimentar. Um exemplo é a solução ProDeaf (Programa de Apoio ao Portador de Deficiência), que transforma voz em língua de sinais (LIBRAS) e vice-e-versa, ajudando portadores de deficiência a se comunicar amplamente.

“O investimento de US$ 10 milhões na construção do Centro de Tecnologia Microsoft na cidade de São Paulo vem reforçar o genuíno compromisso da Microsoft com o desenvolvimento do País, a criação de oportunidades para toda sua rede de parceiros e o fomento à inovação nos mais variados níveis da sociedade”, afirma Michel Levy, presidente da Microsoft no Brasil.

Protocolo de intenções

A coletiva de imprensa realizada na inauguração do MTC também foi palco da assinatura de um protocolo de intenções celebrado entre o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e a Microsoft. O acordo prevê a criação de aceleradoras de empresas voltadas para fomentar a inovação e o empreendedorismo de base tecnológica no Brasil, que funcionarão como incubadoras para startups. Estas novas empresas ficarão por um período de até três anos em incubação, com acesso às tecnologias mais recentes a serem disponibilizadas pela Microsoft. A companhia possui uma ampla experiência no apoio a microempresas, prova disso é seu programa BizSpark, que já atendeu a mais de duas mil startups brasileiras.

Tanto o governo quanto a Microsoft desejam promover o interesse dos estudantes para a formação em cursos de tecnologia e alavancar o desenvolvimento de aplicações em segmentos como educação, varejo, telecomunicações, petróleo e gás, saúde, turismo, agronegócio, esportes, entretenimento, grandes eventos esportivos (Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016) e Jogos Digitais em geral –áreas que contribuem para geração de empregos, o aumento da competividade nacional e o desenvolvimento estratégico do País.

“Tão grande quanto nossa paixão pela tecnologia, é nossa dedicação em servir a sociedade, criando oportunidades para que pessoas e negócios realizem todo o seu potencial. À medida que a Microsoft cresce, aumenta o nosso desejo de promover um impacto cada vez mais positivo no mundo. O nosso compromisso de alavancar o desenvolvimento e a competitividade dos países em que atuamos está aliado à missão de criar tecnologias que mudem a vida das pessoas. E isso não apenas por meio de nossas iniciativas de cidadania, mas de todos os nossos produtos e serviços, conhecimento, recursos e pessoas”, completa Levy.”