Você já deve ter lido a matéria que publiquei ontem à noite direto do anúncio dos vencedores do Desafio Buscapé Sua ideia vale 1 milhão. Já sabe que foram 4 vencedores. Já assistiu ao nosso vídeo em que o presidente do Grupo Buscapé, Romero Rodrigues, discursa sobre as fases diferentes de empreendimentos e investimentos na web.  O que faltava era entender um pouco mais sobre as 4 startups vencedoras – e ver umas fotos do evento e dos participantes.

Dos mais de 800 planos de negócios enviados de todo Brasil, os 4 vencedores foram escolhidos por Romero Rodrigues mais Rodrigo Borges (Vice-Presidente de Novos Produtos), Guilherme Stocco e Ayrton Aguiar (ambos Vice-Presidentes de Desenvolvimento de Negócio, o segundo mais focado em Fusões e Aquisições). Agora, o Grupo Buscapé já contabiliza a aquisição de participação em 15 startups.

Urbanizo tem como modelo de negócios a precificação do metro quadrado urbano para facilitar a tomada de decisão de compra e venda, atuando como um avaliador, consultor e gerenciador do mercado urbano. O aplicativo está em fase de teste. A receita será gerada a partir da publicidade resultante da interação do usuário no site, além da venda de versões premium para imobiliárias e investidores.

Meu Carrinho é um aplicativo para celular, mas que roda também na Internet, que mostra ao consumidor qual supermercado oferece o melhor preço para sua lista de compras. O aplicativo disponibiliza um código de barras para a realização de pesquisa de preços e qualidade dos produtos no supermercado. Desenvolvido por enquanto para plataforma Android, mas previsto para rodar também em iPad, o site já funciona com uma base de 70 mil código de barras de produtos cadastrados, que é alimentada pela leitura diária de 40 mil preços de supermercados na Web. Na Internet, sua monetização está baseada na publicidade gerada pelos cliques em anúncios e na venda de posições de destaque na busca por produtos.

HotMart é uma plataforma que disponibiliza toda infraestrutura necessária para operação e distribuição de conteúdo digital a fim de alavancar as vendas de produtores de conteúdo. A empresa oferece armazenamento seguro, controle de acesso ao conteúdo, processamento de pagamento, páginas de venda para os conteúdos e a entrega automática do conteúdo para o comprador final. O site já está no ar e sua geração de receita vem da cobrança de tarifa por transação.Há também a possibilidade de assinatura de contas premium com serviços agregados e customizados.

O Anuncie Lá é um mercado virtual social que permite, sem intermediação, conhecer o perfil de quem vende e de quem compra. Totalmente integrada com as redes sociais, sua missão é ajudar a conectar vendedores e compradores dentro de um ambiente conhecido, onde as transações não são interceptadas nem são cobradas comissões, diminuindo assim os riscos nas negociações e aumentando a lealdade dos compradores aos bons vendedores. Uma primeira versão já está no ar e sua monetização virá da venda dos anúncios feitos pelos vendedores e de plataformas especiais para vendedores profissionais e regulares.