Fluzz não é uma nova startup, não é um novo aplicativo. É um conceito que Augusto de Franco, fundador da Escola de Redes, acaba de lançar em ppt e ebook (versão preliminar).

Por acaso ou não, a E=R acaba de alcançar a marca de 6 mil inscritos (após pouco mais de 2 anos de operação).

Radical por buscar as raízes daquilo que é social, Augusto é um conhecido (e polêmico) “não-guru”, autor de máximas poderosíssimas como “A rede não é um instrumento para fazer a mudança. Ela já é a mudança!”. Para ele, e vários outros profissionais antes dele, a questão é toda organizacional, de como permitimos e conduzimos os fluxos – ou de como os bloqueamos. Vale a pena consultar a biblioteca dentro da Escola de Redes.

“Dadas as limitações de uma plataforma participation-based como a nossa (ainda não temos, infelizmente, nenhuma ferramentainteraction-based, mais adequada ao netweaving) creio que já alcançamos muita coisa: uma biblioteca com 823 textos para download sobre redes sociais e temas correlatos; vários eventos convocados por pessoas da E=R para pessoas da E=R, realizados de modo distribuído (até onde isso é possível com as ferramentas disponíveis) – inclusive uma grande Conferência Internacional sobre Redes Sociais (a CIRS) e uma outra maior ainda (a CIRS2) em preparação – dois simpósios pequenos porém interessantes, vários encontros locais. E muita, muita conversação inovadora (infelizmente o Ning não tem um sistema mais inteligente debusca e as coisas vão ficando escondidas em camadas sobre camadas de conteúdo)”.

“Depois de 10 anos usinando as ideias, 1 ano escrevendo as 350 páginas do texto e 4 dias full montando a apresentação, terminei hoje o meu primeiro e-book com o conteúdo de Fluzz (clique no link para assistir). Tem muito a ver com o que aprendi e exercitei aqui. Envio como um presente a todos os 6 mil conectados e conectadas à Escola-de-Redes”, declarou ontem em nota aos participantes.

Abaixo, o ppt introdutório e o ebook preliminar.