Fui contatado pelo desenvolvedor Willian Cima (de Esteio/RS), que criou um serviço web de hospedagem de fotos que parece ser uma boa alternativa para quem quer organização sem ocupar espaço próprio – mais as vantagens de edição, censura e compartilhamento. “Podemos dizer que é uma “mistura” de Photobucket e Twitpic“, acredita o empreendedor.

Trata-se do TheImageUp. O usuário se cadastra de forma simples, ganha uma conta/perfil sem custos, e pode começar a subir (carregar, fazer upload) de imagens. Podem ser de todos os tipos (inclusive as censuradas por idade!). Também não há limite de espaço – no TheImageUp as imagens não são apagadas depois de um tempo, diferente de outros serviços.

“Um de nossos objetivos”, conta Willian, “é fazer com que todos usuários tenham os mesmos direitos. Não queremos que um tenha mais direito que o outro porque contribui, ou seja, não oferecemos contas premium. Nossa proposta inicial não é oferecer um serviço inovador, mas um que pensa no usuário e não nos lucros”.

Provavelmente, os usuários vão gostar desta parte gratuita, mas eles poderão contar com uma equipe de plantão para cuidar da ferramenta? Uma equipe que vai trabalhar de graça? Como garantir que esse serviço vai estar funcionando daqui a x meses ou anos? “Em relação ao plano de negócios e monetização da startup, ainda é muito cedo para isso, estamos estudando o mercado”, acredita Willian.

“Em breve teremos novidades. Uma delas é tornar públicas as galerias dos usuários, para que os outros possam ver seus álbuns”. Mas isso não significa que as fotos ficam escondidas só para o usuário: cada foto gera um link que pode ser distribuído, e pode ainda ser embedada (incorporada) em outros sites. “Mas não somos e, no momento, não temos planos de ser uma rede social”.

Achei legal poder editar as fotos online mesmo, através de uma integração automática do TheImageUp com o Pixlr.com.

Edição de imagem online