Hoje de manhã o Pedro Mifano Motoryn e a Maria Isabel Miranda botaram no ar o site beta da sua startup voltada ao mercado de trabalho em startups, anunciando vagas e perfis profissionais.

A MaisStartup nasceu quando Pedro e Maria Isabel analisaram que há um gap no mercado de trabalho das startups. Tanto consultorias tradicionais de RH quando sistemas web de vagas de trabalho não contemplam especificamente o tipo de trabalho (e trabalhador) de startups. “Não são os mesmos que você encontra por aí­: não pensam só em enriquecer currículos e fazer carreira. Querem ser parte de algo maior. Aprender empreendendo. Empreender trabalhando”.

Trata-se de um site de empregos em startups que busca unir talentos (que tinham dificuldade de encontrar startups nas quais acreditam) às startups (que em muitos casos têm dificuldade de montar seus times). É inspirado em modelos estrangeiros (ex. Startuply, Enternships, etc). A ideia também é estimular discussões sobre as características especí­ficas deste tipo de trabalho.

 

Ambos coordenadores de projetos do Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios, na Fundação Getúlio Vargas (GVCenn), Pedro trabalha ainda em um fundo de private equity (Angra Partners) e Maria Isabel com consultoria estratégica (A.T. Kearney). “O Projeto de Estágios em Startups na GV foi o embrião de um projeto que agora tem escopo diferente. Na GV, focaremos em estágios nas áreas de Gestão/Negócios; no +STARTUP em outras oportunidades”, comenta Pedro.

Eles perceberam que não havia ainda um “ponto de encontro” virtual entre empreendedores e trabalhadores que tenham afeição por empreendedorismo de alta performance. O site já conta com alguns depoimentos de profissionais e um agregador de notícias. Estima-se que tenha uma ferramenta premium de recrutamento social.

Siga MaisStartup no Twitter.