* Por Cláudia Mamede

Segundo dados da pesquisa nacional do SEBRAE divulgada no fim do último ano, as Micro e Pequenas Empresas contrataram 56.240 pessoas a mais do que demitiram entre janeiro e novembro de 2015. O Saldo positivo é contrastante com o número geral da economia do país, que perdeu 945 mil empregos no período. Já sabemos que os últimos três meses de 2015 indicaram uma queda, sem contar os 20,2 mil postos fechados até novembro.

A impressão que nos dá esses números é que a resistência de sobreviver ainda é o forte dos empreendedores e empresários deste país, que persistem não só porque acreditam no país ou na economia mas porque precisam e ponto final. O que mais lhe restam? Eles precisam fazer dar certo, tirar forças de onde não têm e ainda por cima sobreviver nessa economia cada vez mais avassaladora aos honestos e que pagam todos impostos desse país. É a velha história da carroça cheia e vazia: quando a carroça roda sem conteúdo faz muito barulho e incomoda a todos e quando está cheia e sobrecarregada anda em silêncio. Mas até quando essa resiliência do empreendedor vai durar? O silêncio não é porque não se tem o que dizer, mas porque não há mais nada a dizer. Tudo já foi dito, já é sabido, e já tem bandeiras demais expostas por aí. Só resta ao empreendedor arregaçar as mangas e tirar forças para levar nas costas tudo e ainda um país, enquanto as carroças vazias correm em direção aos bancos, governos e tiram tudo que podem em benefício de empresas que nem nacionais são.

Poderíamos enumerar vários fatores e soluções para essa fase, mas a pior é a falta de crédito para os pequenos. Enquanto não houver uma diminuição dos compulsórios dos bancos (dinheiro que fica retido junto ao Banco Central) isso não mudará. Segundo as estimativas do SEBRAE, uma redução de 20% liberaria 40 milhões.

Enquanto medidas sérias não forem tomadas só resta aos empreendedores a resiliência, persistência e paciência. Infelizmente!

Que 2016 traga melhores números e carroças cheias de outro tipo de conteúdo, como: sucesso, dinheiro aos que trabalham e muita honestidade aos dirigentes desse país.


Claudia Mamede Canal RMECláudia Mamede é diretora na Rede Mulher Empreendedora e sócia da PitchCom – Assessoria de Comunicação e Imprensa – focada em mulheres empreendedoras.