A Jidu Auto, braço de veículos elétricos da companhia chinesa Baidu, lançou nesta quarta-feira (8) um carro conceito “robô”. O produto, que não tem maçanetas e pode ser controlado totalmente por reconhecimento de voz, foi lançado por meio de uma coletiva de imprensa online.

A Jidu, cofinanciada pela montadora chinesa Geely, planeja produzir em massa o modelo a partir de 2023. Os carros elétricos “robôs” terão recursos autônomos de Nível 4, que não precisam de intervenção humana, além de utilizar os chips 8295 da Qualcomm, que permitirão aos usuários acessar assistência de voz offline quando a conexão com a Internet estiver ruim. O primeiro modelo da Jidu terá preço acima de 200 mil yans, cerca de US$ 30 mil, disse o presidente-executivo da Baidu, Robin Li, em uma teleconferência no mês passado, segundo a Reuters.

Além de equipar o veículo com a tecnologia de software de direção autônoma da Baidu, a Jidu também construirá dois lidars (radar que detecta objetos e mede a distância e movimento deles para o carro) e 12 câmeras ao lado do carro. Os EVs serão fabricados na Baía de Hangzhou, na cidade de Ningbo, no leste da China, onde a Geely tem várias fábricas.

Os carros da Jidu terão como alvo usuários que gostam de tecnologias de ponta, disse Luo Gang, chefe de operações da Jidu, à Reuters. Jidu contratou o ex-designer da Cadillac Frank Wu como seu chefe de design, e Wang Weibao, ex-membro da iniciativa EV da Apple Inc Project Titan, como seu chefe de direção inteligente.

* Foto destaque: REUTERS/Tingshu Wang