* Por Renato Alves

Nas últimas semanas temos visto a baixa do dólar e, como resultado, a volta das viagens internacionais. Depois de subir pouco mais de 7% em 2021, o dólar já caiu cerca de 15% em 2022. O cenário aquecido é a grande oportunidade para as empresas, principalmente startups, se especializarem e abrirem fronteiras fora do país. Como prova, em nosso escritório, entre janeiro e abril de 2022, foram emitidas várias aprovações de Green Cards para empresários e profissionais liberais. 

Desde o ano passado o perfil dos pedidos feitos são: casais entre 30 e 50 anos de idade, com filhos, que trabalham como profissionais liberais ou empresários. Aqueles que mais procuram o visto são administradores, advogados, engenheiros, profissionais de saúde e de tecnologia da informação. Segundo a Visual Capitalist, em números absolutos, os Estados Unidos abrigam a maior quantidade de imigrantes, mais de 50 milhões, o que representa 15,3% da população do país. 

O processo de internacionalização pode parecer complexo para quem não tem expertise no assunto, por isso é importante contar com uma assessoria especializada para simplificar os processos. A orientação profissional faz com que a empresa tenha total liberdade para pensar apenas nas estratégias de expansão e garantir que essa transição seja sustentável. E afirmo, a internacionalização é um sonho possível para startups, franquias, grandes e pequenas empresas, e até mesmo microempreendedores. Depois de um período desafiador e cheio de perdas, sonhar alto é um combustível para continuar seguindo na esperança de dias melhores.  

E para seguir assim, o passo agora é continuar se especializando. Procurar pelos países que mais atendam suas expectativas e necessidades, principalmente destinada ao tipo de negócio e carreira que se pretende seguir. Posso afirmar que as oportunidades fora do país são infinitas e atingem todo tipo de público. E não se esqueça, é no momento de crise que descobrimos nossa capacidade de inovar, diversificar e nos reinventarmos para não ficarmos dependentes de uma única fonte de renda. Analise seu negócio e aposte além das fronteiras.


Renato Alves é Diretor de Expansão da Bicalho Consultoria Legal, empresa especializada em migração, internacionalização de negócios e franquias.