A Bitso, plataforma de criptomoedas, e o São Paulo Futebol Clube anunciaram que os membros do programa Sócio Torcedor do clube paulista já podem comprar ingressos para os jogos do time, utilizando criptomoedas. A inovação gerada pela parceria se tornou a primeira vez em que ativos digitais podem ser usados como meio de pagamento para a entrada nos jogos.

O primeiro torcedor do Brasil a comprar o ingresso com cripto escolheu o bitcoin como forma de pagamento. Para marcar o momento histórico, Fábio Gloeden Brum foi presenteado pela Bitso e pelo SPFC com uma NFT representando o primeiro ingresso do país a ser comprado com bitcoin. “Fiquei muito feliz quando soube que tinha sido o primeiro torcedor do Brasil a comprar ingresso com bitcoin e ter meu nome marcado na história do SPFC e do futebol brasileiro. É uma honra poder participar de um momento histórico ao lado do meu time de coração, e agradeço imensamente à Bitso por proporcionar isso com a maior segurança e facilidade”, comentou Fabio.

Para realizar a compra do ingresso com criptomoedas, o sócio torcedor deve seguir o processo usual de compras pelo site da Total Acesso, fazer o registro como membro ST e selecionar a opção de pagamento com criptomoedas. “Abrir aos torcedores do São Paulo a possibilidade de comprar ingressos para as partidas do seu time do coração com criptomoedas era um dos nossos objetivos principais desde o início da parceria com o clube”, afirmou Antônio Mota, Diretor de Marketing da Bitso no Brasil. “Poder disponibilizar esse serviço pela primeira vez no Brasil representa um passo importante na missão da Bitso de tornar as criptomoedas mais acessíveis e úteis no cotidiano das pessoas, promovendo mais liberdade e inclusão financeira aos brasileiros.”


* Foto em destaque: Fábio Brum, primeiro sócio-torcedor do São Paulo Futebol Clube a comprar um ingresso com criptomoedas