Nokia anunciou duas novas modalidades de Software as Service (SaaS) que ajudam provedores de serviços de comunicação (CSPs), empresas com esforços em eficiência energética e a otimizar o gerenciamento de dispositivos domésticos. Essa é a mais nova iniciativa da Nokia, que visa oferecer a seus clientes um time to value mais eficiente na operação de suas redes de telecomunicações e na entrega de novos serviços.

Usando Inteligência Artificial (IA), o Nokia AVA (“Analytics Virtualization and Automation”) para Energy SaaS monitora de perto padrões de tráfego de rede de vários fornecedores para reduzir os recursos de conectividade durante períodos de baixo uso. Através do monitoramento constante dos padrões de tráfego de rede e dos ajustes em tempo real, essa ferramenta de software pode realizar uma economia de energia de duas a cinco vezes maior em comparação com sistemas sem inteligência artificial que realizam desligamentos temporários de recursos de rede com base em horários fixos.

Nokia AVA for Energy SaaS também ajuda os CSPs a detectar anomalias e avaliar a eficiência energética da infraestrutura passiva, como baterias, fontes de alimentação e unidades de ar-condicionado que podem responder por até 50% do consumo global de energia. Ele já está disponível comercialmente e faz parte do compromisso da companhia de reduzir as emissões em 50% entre 2019 e 2030 em toda a sua cadeia de valor, incluindo suas próprias operações, produtos em uso, logística e fábricas finais de fornecedores de montagem.

Nokia Home Device Management SaaS é uma plataforma de gerenciamento de dispositivos independente, automatizada e escalável, capaz de gerenciar milhões de dispositivos domésticos, como: termostatos inteligentes e geladeiras conectadas. O novo serviço SaaS permite que as operadoras gerenciem remotamente o Customer Premise Equipment (CPE), como gateway residencial, dispositivos de acesso sem fio fixos 5G, extensores Wi-Fi e set-top boxes IP..

“As novas ofertas da Nokia no SaaS representam uma mudança significativa no mercado de telecomunicações, já que o SaaS é o motor de aceleração para que a indústria de telecomunicações perceba todo o potencial do 5G e muito mais”, diz Michael Soper, analista sênior da TBR.

Hamdy Farid, vice-presidente sênior de aplicações de negócios da Nokia, comenta: “A convergência de software nativo em nuvem, colaboração de hiperescala e 5G torna o caso de negócios para o SaaS muito atraente. Os serviços mais recentes do Nokia SaaS refletem o caminho que a Nokia está liderando, para ajudar nossos clientes a acelerar o time to value; reduzir a complexidade; e automatizar o ciclo de vida dos serviços por meio de softwares que funcionem sob demanda”.