A Natura anuncia que está em busca de reduzir sua emissão de carbono, e passa a trabalhar com bicicletas e veículos elétricos. Essa nova forma de transporte faz parte da estratégia da marca para atingir a meta de zerar as emissões de carbono até 2030, como parte do Compromisso com a Vida do grupo Natura & Co, ao lado de Avon, The Body Shop e Aesop.

A mudança na entrega dos produtos do e-commerce da capital paulista já trouxe impacto nas operações da empresa, em pouco mais de um ano usando bicicletas e veículos elétricos houve a redução de nove toneladas na emissão de CO2. A operação, que conta com apoio da operadora de transporte MM Delivery, em conjunto com as equipes da Last Mile, é realizada em 25 bairros da cidade de São Paulo.

A logística funciona de uma forma diferente na capital paulista, para isso, foi criado um posto, de onde as entregas passaram a ser centralizadas ao chegarem em carros elétricos do Centro de Distribuição da Natura. O espaço também passou a atuar como central para a concentração de todos os ciclistas contratados pela operadora para a realização das entregas.

Para Nestor Felpi, diretor de supply chain de Natura &Co, a ecologística é o futuro e aqueles que querem gerar impacto positivo, devem aderir ao novo conceito. “Aqui na Natura já implantamos ações que visam uma mudança no transporte. Desde janeiro de 2021 iniciamos práticas que visam tornar as entregas de produtos do e-commerce 100% sustentável. Queremos um mundo mais verde e esse é o caminho”, conclui.

Desde a criação do programa, Natura Carbono Neutro, a empresa evitou a emissão de mais de 1,28 milhão de toneladas de carbono através dos projetos de redução de emissões. Adquiriram mais de 4 milhões de créditos de carbono para compensar as emissões residuais através de 47 projetos no Brasil, Chile, Argentina, Peru, Colômbia e México.