Fintech brasileira para contas em dólar levanta R$ 160 milhões

A Nomad, fintech que permite que brasileiros tenham contas bancárias nos Estados Unidos, acabou de receber uma rodada de financiamento e arrecadou R$ 160 milhões. O investimento foi liderado pela Stripes, e apoiada pela Monashees, Spark Capital, Propel, Globo Ventures e Abstract. Essa foi a segunda rodada realizada pela Nomad, que em 2021 arrecadou US$ 20 milhões.

Por meio de um único aplicativo, os clientes da startup podem ter uma conta nos Estados Unidos totalmente regulada para realizar câmbio, transferências, compras internacionais e investimentos em mercados globais, sem taxas de abertura ou manutenção. No Brasil, a Nomad atua como correspondente bancário do Banco Ourinvest para realizar as operações de câmbio no app, atividade regulada pelo Banco Central do Brasil. A empresa viabiliza ainda o acesso a produtos e serviços de investimentos em parceria com a FRAM Capital, de acordo com a regulamentação do Bacen e da CVM.

Fundada em 2019 por Patrick Sigrist – um dos fundadores do iFood -, Marcos Nader, e Eduardo Haber, a Nomad já tem 300 mil clientes. Com o novo aporte, a startup chega a um valuation de R$ 1 bilhão. O recém-nomeado CEO Lucas Vargas afirma que a empresa pretende adquirir 1 milhão de novos clientes até ao final de 2022. Esta última fonte de financiamento será utilizada para investir em novas tecnologias, lançar novos produtos, e expandir a equipa operacional.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.