* Por Fabiano Nagamatsu

Os Tokens Não Fungíveis (NFTs) são cada vez mais uma realidade no mundo virtual e no empresarial, por causa da sua versatilidade e ampla gama de possibilidades de uso. Muito se engana quem pensa que eles são um instrumento exclusivo para games online – eles oferecem inúmeras aplicações, desde o registro de propriedade intelectual até o mercado de créditos de carbono internacional. 

Para comercializar um artifício multifacetado como este, nada mais importante do que pensar estrategicamente em como alcançar o consumidor certo para o que se está vendendo. Afinal, de nada adianta anunciar um produto em espaços onde o público não é o que se procura. 

É inegável o valor da comunicação das plataformas de redes sociais atualmente. Elas reúnem todo tipo de consumidor e seus algoritmos automaticamente entregam publicações e anúncios de acordo com os interesses de cada um. Ou seja, hoje em dia, não existe erro maior para quem quer vender um produto, qualquer que ele seja, não ter uma presença ativa em redes como Instagram, Twitter e Facebook. 

Outra estratégia muito relevante é investir em uma assessoria de imprensa especializada. Por meio de press releases e entrevistas com jornalistas, esses profissionais podem ajudar a divulgar a sua imagem como autoridade no tema, seus lançamentos e produtos na imprensa tradicional e, assim, alcançar relevância de forma orgânica para sua empresa e seus NFTs. Não esqueça de investir em um site próprio intuitivo e com um design atrativo para dar credibilidade à sua marca. 

É possível também fazer campanhas por meio de parcerias com influenciadores digitais e artistas famosos. Essa estratégia é um pouco mais custosa, mas sabemos o poder de persuasão que essas personalidades detém com o público. Seu NFT pode ser a porta de entrada para um show no metaverso, por exemplo, ou um evento esportivo, um museu de obras de artes virtuais. As possibilidades são inúmeras.  

Também existem diversos marketplaces exclusivos para NFTs, como o OpenSea. Ele é muito útil para cadastrar seu token e comercializá-lo para pessoas que estão em busca de algo específico – permite buscas por categorias e ranking de vendas. Além disso, o NFT Calendar também é uma plataforma interessante, onde é possível cadastrar eventos que ocorrem em datas específicas para que o público possa comprá-los. 

Por fim, é sempre importante pensar na experiência do consumidor quando se está comercializando um produto, seja ele físico ou virtual. Por isso, é essencial que sua venda agregue valor, seja atraente e explore da melhor forma o interesse do público. 


Fabiano Nagamatsu é cofundador da Osten Moove e mentor de negócios no InovAtiva Brasil, maior programa de aceleração de startups da América Latina, indicado dois anos consecutivos entre os 10 mais influentes em mentoria e investimento do Startup Awards 2019, iniciativa da Abstartups, e finalista como mentor do ano em 2020 e 2021.