* Por Vitória Oliveira

Se o mercado de trabalho atual já é exigente conosco, imagina como não será para as próximas gerações?

Atualmente, o mercado de trabalho exige várias habilidades pouco trabalhadas pelo atual sistema de educação, sobretudo no ensino superior. Se não houver um ‘fato novo’ que transforme os parâmetros da educação tal qual é hoje, a tendência é que as pessoas devam continuar a buscar formas complementares de ocupar algumas lacunas deixadas pelos currículos de nossas escolas e universidades.

É possível, sim, nós responsáveis, começarmos a preparar nossas crianças para o mercado de trabalho, fazendo com que elas se adaptem de forma mais tranquila a essas exigências. 

Pensando nisso, separei 3 habilidades do futuro e dicas de como desenvolvê-las desde já com seus filhos. 

1) Criatividade

A criatividade é muito mais fácil de ser percebida em crianças, pois elas não têm tanto medo de julgamentos. Além disso, ter a capacidade de criação estimulada na infância traz ótimas oportunidades para a vida adulta. Você pode estimular através de brincar de faz de conta, desenhar, inventar músicas, contar histórias, cozinhar, incentivar leitura, entre outras atividades do dia a dia.

2) Inteligência emocional

O que distingue uma pessoa emocionalmente inteligente é justamente essa capacidade de falar sobre os próprios sentimentos e resolvê-los em vez de suprimi-los ou ignorá-los. Então, desde cedo, incentive seu filho a falar sobre suas emoções boas e ruins, positivas e negativas. Mostre a ele que entre vocês há um espaço seguro para que ele possa falar sem medo, para que possa se expressar sobre o que está vivendo em seu dia a dia, suas conquistas e desafios.

3) Disciplina

Cada vez mais o mercado de trabalho tem sofrido com pessoas menos comprometidas e pouco resilientes, estimular a disciplina é algo muito importante na infância. Estabelecendo rotinas, obrigações e desafios no dia a dia, além de incentivar a prática do esporte, pois ele como um todo, contribui para a formação de um ser humano comprometido e disciplinado.  

Como profissional de RH há mais de uma década, vejo as transformações comportamentais e culturais impactando diretamente nas nossas empresas, tornando muitas vezes desafiador a contratação e a gestão dos profissionais com o passar das gerações. Sabemos o quanto o trabalho ocupa a vida de um ser humano, pensando nisso, quando falamos do futuro das nossas crianças não podemos deixar de ajudá-los a se prepararem para o futuro profissional também. 

Entendo que cada estímulo, por mais simples que seja, tem um grande impacto na formação pessoal e profissional de um ser humano, e com tempo e dedicação podemos prepará-los para um futuro promissor. 


VitóriaVitória Oliveira, 28 anos, Administradora por formação. Fundadora da Connectabil, HRtech membro do Cubo Itaú, plataforma de recrutamento para profissionais das áreas contábil e financeira. Empenhada em mudar a vida das pessoas através do “SIM” em suas carreiras profissionais.