Startup que viabiliza compra e venda inteligente para pequenos lojistas recebe aporte de R$ 1,15 milhão

A e-comprei, startup que viabiliza compra e venda inteligente, econômica e conveniente do portfólio de beleza e higiene para pequenos lojistas, acaba de receber um aporte de  R$ 1,15 milhão. A rodada foi realizada via CapTable, hub de investimentos em startups, e contou com coinvestimento da Poli Angels, Prana Capital e da UniAngels

Com um valuation de R$ 12,6 milhões, a startup usará os recursos recebidos para escalar o negócio, conforme explica Vinícius Hilkner Oliveira, CEO da e-comprei. “Este aporte é essencial para dar seguimento ao crescimento da e-comprei desenvolvendo novos produtos, além do desenvolvimento tecnológico e aprimoramento de nosso site, facilitando ainda mais a experiência dos clientes”, detalha Vinícius.

Estabelecido no mercado de beleza brasileiro, responsável por movimentar mais de R$62 bilhões anualmente, o que o deixa como o quarto maior do mundo, o setor de perfumaria e farmácia representa 40% desse montante. 

No entanto, este mercado ainda sofre com amarras causadas pela pulverização dos players: são mais de 100 mil perfumarias e farmácias, 3 mil indústrias e 2,5 mil distribuidoras. Foi observando e vivendo no mercado que o CEO da e-comprei, identificou a necessidade de criar uma ferramenta que otimizasse toda a cadeia. 

“Ao atuar no marketing da P&G e gerenciando a linha da Pantene, notei que o mercado ainda tinha uma dor muito grande no que tange o atendimento aos pequenos lojistas. E conhecendo o tamanho do mercado, com mais de 100 mil perfumarias e farmácias espalhadas pelo Brasil, concluí que era hora de desenvolver a startup para que essa dor fosse sanada”, explica o CEO.

Para o cofundador da CapTable, Guilherme Enck, por se tratar de um mercado gigantesco, além de um modelo de negócio consolidado executado pela e-comprei, trouxe uma maior segurança aos investidores. 

“Foram 263 investidores, mais dois coinvestidores de renome no mercado, aportando na e-comprei por acreditar em seu modelo de negócio. Eles enxergaram uma oportunidade única de ajudar no processo de escalada da startup”, explica Enck.

Modelo de negócio

O modelo de negócio da e-comprei é um marketplace B2B criado para viabilizar a compra e venda inteligente, econômica e conveniente do portfólio de Beleza e Higiene para pequenos lojistas. Ou seja, o pequeno empresário se cadastra no site e o próprio sistema aprova seu cadastro instantaneamente e, assim, ele está apto a comprar. 

Ao finalizar seu cadastro, ele pode comprar mais de 9 mil itens de vários parceiros em uma única compra. A e-comprei então direciona esses pedidos para os parceiros que entregam e retiram os pedidos. 

Os pedidos são entregues em até três dias úteis e a análise e limite de crédito são feitas pelos próprios parceiros. Caso o lojista não queira comprar via site, ele pode optar por realizar seu pedido via WhatsApp, telefone ou e-mail.

“Além de todas essas vantagens de se comprar pela e-comprei, cerca de 70% dos pedidos efetuados via nossa plataforma são entregues em até 1 dia útil. Outro método que chama atenção são as opções de pagamentos que nossos parceiros disponibilizam podendo ser via boleto, cartão e PIX”, detalha o CEO. 

Uso dos recursos

A captação será fundamental para melhorar a assertividade dos negócios e ajudar no processo de crescimento da e-comprei. Para isso, a startup reforçará os times de tecnologia e marketing. Além disso, parte do investimento também será utilizado em despesas operacionais.

Do valor captado nessa rodada seed, 45% do recurso será usado para desenvolvimento tecnológico, criação e manutenção da plataforma e reformulação do site. Outros 43% serão destinados para vendas, marketing e tração. Já os 12% restantes serão destinados para despesas operacionais da startup.

* Foto de destaque: Vinícius Hilkner Oliveira, CEO da e-comprei.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.