A Salux, healthtech especializada em gestão hospitalar com cerca de 25 anos de mercado, como parte de sua estratégia de expansão e transformar o setor e saúde através do uso da tecnologia, acaba de adquirir 50% de um startup da área de diagnóstico por imagem.

A Med.place é a primeira aquisição de uma série de movimentos de M&A previstos pela Salux, após o aporte recebido em julho deste ano. Investimentos da ordem de 10 milhões de reais estão previstos para os próximos anos, tanto para aumentar a capilaridade, como para fomentar inovações para tornar a solução de telerradiologia ofertada pela empresa ainda mais eficiente e completa. Os valores da aquisição não foram divulgados.

Murilo Fernandes, CEO da Salux, explica que a decisão de destinar recursos à aquisição de uma startup com uma proposta diferente das demais soluções que estão no portfólio atual da Salux, vem ao encontro do propósito de atender aos desafios e gargalos dos clientes, sejam eles quais forem.

“Nem sempre os desafios estão na parte de infraestrutura de tecnologia ou para aprimorar a gestão administrativa ou as práticas clínicas, às vezes as questões são relacionadas à escassez de capital humano, por exemplo. Temos como meta atuar como um provedor completo e único capaz de entregar tudo o que as intuições de saúde precisam: hardware, infraestrutura, profissionais especializados e inúmeros serviços gerenciados, caso desta oferta da Med.place e o que justifica a estratégia”.

O objetivo com a junção das empresas é aumentar a capilaridade da Med.place tanto na base de clientes Salux, como para o mercado em geral. Segundo Jader Antunes, CEO da Med.place, que segue à frente da operação, apesar de a startup já ter uma atuação consolidada, a fusão com a Salux permitirá um crescimento muito mais acelerado e sustentável da empresa. “Enxergamos uma oportunidade de alcançarmos uma escala ainda maior no mercado. Além disso, a união com a Salux e o próprios investimentos nos aproximam de iniciativas de pesquisa e desenvolvimento. Isso também permitirá aprimorar a nossa oferta, trazendo ainda mais excelência e valor para os nossos clientes, que ainda estarão mais próximas a outras soluções completas que fazem parte portfólio da Salux. Realmente é uma soma de esforços”, complementa.

Murilo Fernandes e Jader Antunes,

Entendendo a plataforma Med.place 

A plataforma desenvolvida pela startup a ajuda a solucionar um desafio importante do mercado: a disponibilidade de profissionais especializados, a qualquer tempo e em todas as localidades. Ela faz isso ao conectar uma rede de médicos radiologistas para a realização de laudos e diagnóstico de exames por imagem às clínicas e hospitais que precisam contratar estes serviços, com urgência e resultados com alto padrão de qualidade.  Desta forma, pode  ser utilizada por clínicas, hospitais, centros de medicina diagnóstica, com diferentes portes e necessidades, que precisam de médicos com elevado nível de capacitação com urgência.

Além da agilidade no cumprimento de prazos de entrega, um ponto forte da Med.place  é o sistema de controle de qualidade, com vários pontos de checagem. Poucos sistemas, conseguem isso de forma dinâmica, o que permite a criação de um ranking de médicos com os melhores laudos e os resultados mais precisos, o aumentando a segurança tanto para os médicos, como para os pacientes.  Do ponto de vista dos médicos, eles também conseguem dar feedbacks para os hospitais sobre qualidade das imagens e outros pontos que possam ser notados no momento em que os laudos são feitos e que impactam na qualidade dos resultados.


* Foto em destaque: Murilo Fernandes, CEO da Salux, e Jader Antunes, CEO da Med.place.